Home Me Blog Links
welcome

Saudações, visitante! Neste momento, você se encontra no Hishoku no Sora, um blog pessoal sem fins lucrativos. Aqui se fala de tudo um pouco, então fique à vontade!
A versão atual é estrelada pela Koizumi Risa, de Lovely Complex, com tons de azul, amarelo e laranja~

labels

archive

webmiss

Kawasumi Shana, 24 anos e contando +1 todo dia 7 de fevereiro - logo, sou toda aquariana. Adoro música, mangás, animes, filmes e livros. Odeio insetos, injeções e filmes de terror, sou criativa e contraditória, possivelmente tenho um parafuso a menos - mas juro que sou legal. Ou não. more?

follow me


Follow

bye bye

 
Hishoku no Sora
Google Chrome | 1920x1080


Dia das Bruxas: Cuca, a bruxa brasileira


Saudações, jovens almas inocentes! Venho em nome dos espíritos malignos desejar-lhes um dia sombrio, um Feliz Halloween! Espero que já tenham passado por baixo de muitas escadas e cruzado o caminho de muitos gatos pretos, pois essa é a magia do nosso dia! E não se esqueçam de dormir com as janelas abertas, pois à meia-noite as mais tenebrosas bruxas lhes pagarão uma adorável visita ♥
Como hoje é um dos meus dias favoritos no ano, estamos em clima de festa e, portanto, teremos o post especial de Halloween mais uma vez ♥ Porque mesmo que os brasileiros não vistam as fantasias e saiam pelas ruas a comemorar, a magia rola solta na minha cabecinha de Bruxa, há! Preparados para mais uma história tenebrosa?

No ano passado, eu contei a vocês a origem do Halloween e de alguns costumes praticados nessa época, como a caça aos doces e as fantasias. No Brasil, dia 31 de Outubro tem sido concebido como Dia do Saci, uma criatura mitológica do folclore brasileiro. Pensando nisso, como nós temos por aqui muitas lendas (embora comemoremos o Folclore em 22 de Agosto) eu decidi falar um pouco da nossa "bruxa", aproveitando a temática de hoje. 
Se na Europa/EUA as pessoas têm as bruxas de chapéu pontudo e vassoura voadora, aqui no Brasil a gente tem a Cuca. Todo mundo já deve ter ouvido falar, principalmente naquela cantiga de ninar que - sabe-se lá como - embalava nosso sono na infância: Nana-neném que a Cuca vem pegar.
A cantiga deriva justamente da Lenda da Cuca, descrita como uma velha feia e maldosa que rouba as crianças desobedientes de suas famílias - daí a ideia de que, se você não dormir quando a mamãe mandar, é bom correr da Cuca.
A lenda da Cuca provavelmente se originou de uma lenda portuguesa, segundo o Wikipedia, sobre uma espécie de dragão chamado "Coca". A história veio pra cá na época da colonização, e se espalhou em algumas partes do Brasil como essa velha feia e má, com roupas rasgadas. Mas foi nas histórias do Monteiro Lobato, um dos mais famosos escritores brasileiros de literatura infanto-juvenil, que a Cuca passou a ser retratada como se fosse uma mulher-jacaré de longos cabelos louros, e por conta da popularidade dessas histórias (tem algum brasileiro que não conhece Sítio do Pica-Pau Amarelo?), a imagem da dela ficou enraizada dessa forma. Nessa fantasia, a Cuca é uma bruxa que mora em uma caverna da floresta, onde fica fazendo poções mágicas, e conta sempre com a ajuda do Saci Pererê pra realizar seus planos malignos. Ou seja: na lenda ou nos livros, o negócio é correr da Cuca mesmo!

Fontes: Wikipedia, SuaPesquisa


E aí, o que acharam? Conheciam a Cuca? Sabiam de onde tinha vindo? Particularmente fiquei bem chocada em saber que ela é originária de uma lenda portuguesa - no fundo, na minha cabecinha inocente, era uma criação do Lobato mesmo que acabou por cair na crença popular, mas ora vejam só. Mas é claaaro que uma bichana feia dessas, com cara de jacaré e com um cabelo necessitando uma progressiva urgente, só podia ser criação nossa mesmo, hahaha! 
Ficamos por aqui, jovens espíritos amaldiçoados! Que os gritos dos mortos lhes assombrem à noite, que as almas penadas puxem seus pés que e, por fim, que tenham um terrível Dia das Bruxas pela frente! Espero que encontrem muitas assombrações em seus caminhos hoje! ♥
Que as Forças das Trevas encontrem vocês.

Marcadores: , ,


By Shana • sexta-feira, 31 de outubro de 2014 • 5 ComentáriosLink to this post


«older newer»