Come closer


Saudações, visitante! Neste momento, você se encontra no Hishoku no Sora, um blog pessoal sem fins lucrativos. Aqui se fala de tudo um pouco, então fique à vontade!
A versão atual é inspirada na música "We Don't Talk Anymore", ilustrada por Jimin e Jungkook (BTS).

Home Me Blog Links

Talk to me
Kawasumi Shana, 24 anos e contando +1 todo dia 7 de fevereiro - logo, sou toda aquariana. Adoro música, mangás, animes, filmes e livros. Odeio insetos, injeções e filmes de terror, sou criativa e contraditória, possivelmente tenho um parafuso a menos - mas juro que sou legal. Ou não.more?

Stay in touch


Follow

Unspoken Words

Past Tense

Stay a little longer

 
Hishoku no Sora
Google Chrome | 1366x768


Julgo pessoas que escrevem mal
Taí um desabafo que eu demorei pra fazer publicamente, mas é uma característica intrínseca do meu ser. Se formos analisar, meu português também não é lá essas coisas – não conheço muita palavra bonita, sou um desastre nos pronomes, e minha habilidade linguística – principalmente verbal – é um pouco simplória demais, se é que posso usar essas palavras todas na mesma frase (pouco; simplória; demais).
Mas a verdade é uma só: julgo gente que escreve mal. Que escreve dês de sabe-se lá quando sem nei uma consideração com o nosso pobre português. Mais tudo bem, porque a vida não é só isso, certo? Errado. Julgo, julgo mesmo e julgo muito mal, porque uma pessoa que pode assassinar uma língua inteira numa única frase não pode ser gente boa mesmo - assim, fora de cogitação. Não concebo, gente, não concebo.
Mas aí em momentos como esse eu me lembro da minha mãe - linda, muito amada e um poço de sabedoria sem igual - que me disse certa vez: "Quando a pessoa tem algum defeitinho, por mais bobo que seja, que te incomoda, isso vai causar problemas mais tarde". Não necessariamente com essas palavras, mas a essência é essa. E olha, taí um conselho que fez a vida fazer sentido pra mim.
É claaaaro que eu não iria jamais cortar relações com uma pessoa querida e maravilhosa só por causa de um pequeno homicídio gramatical. Mas isso não inclui fazer cara de paisagem, obviamente - e dependendo do nível de intimidade, corrijo mesmo, porque me sinto na obrigação. Ninguém precisa ser o mestre da gramática, obviamente, e todo mundo tem o direito de não saber escrever algumas palavras - tipo obsessão. Por quê tantos 's'? E eu odeio escrever descanso e seus derivados, só pra constar. Mas, ainda assim, eu insisto: meu amigo, o que é que custa entender, de uma vez por todas, que o correto é desde, nenhuma e mais é sinônimo de +, e que pra negação se escreve mas
Poxa, é mais fácil do que pagar mico na internet, meu camarada. E mais sucesso também, convenhamos!
Apesar de tudo, esse é só um desabafo que eu escrevi às 1:28 da manhã, sem nenhum compromisso, é claro. Mas ó, pra ganhar meu coração, é só dar uma lidinha no que está escrevendo, viu? Facinho, facinho me conquistar. E digo mais: acho muito mais bonito gente que escreve certo em todo lugar, porque sabe escrever, do que esses camaradas que escrevem tudo errado porque "na internet dá preguiça".
Preguiça tenho eu de viver lendo porcaria todo dia!

Da série: não sou obrigada.

Marcadores:


By Shana • quinta-feira, 6 de novembro de 2014 • 4 ComentáriosLink to this post


«older newer»