Come closer


Saudações, visitante! Neste momento, você se encontra no Hishoku no Sora, um blog pessoal sem fins lucrativos. Aqui se fala de tudo um pouco, então fique à vontade!
A versão atual é inspirada na música "We Don't Talk Anymore", ilustrada por Jimin e Jungkook (BTS).

Home Me Blog Links

Talk to me
Kawasumi Shana, 24 anos e contando +1 todo dia 7 de fevereiro - logo, sou toda aquariana. Adoro música, mangás, animes, filmes e livros. Odeio insetos, injeções e filmes de terror, sou criativa e contraditória, possivelmente tenho um parafuso a menos - mas juro que sou legal. Ou não.more?

Stay in touch


Follow

Unspoken Words

Past Tense

Stay a little longer

 
Hishoku no Sora
Google Chrome | 1366x768


5 Figuras Históricas Favoritas

Cá estamos nós de novo, com mais uma Blogagem Coletiva do Círculo Secreto das bruxas Blogueiras. O tema desse mês são as 5 figuras históricas que eu mais gosto - e confesso que é um tema ingrato, porque eu adoro mil e uma figuras históricas e nunca pesquisei a fundo sobre nenhuma delas. Mas as bruxas do Círculo são soberanas e sábias, e se os rituais dizem que eu devo selecionar 5 pessoas da história do mundo em uma lista, selecioná-las eu devo. Pensei bastante e confesso (hoje é um dia para confissões, eu heim) que não fiquei plenamente satisfeita com minha seleção, but: é o que temos pra hoje, então me acompanhem.

1 - Sigmund Freud
Alguém tinha alguma dúvida de que o Mestre Freud seria o primeiro da minha lista? Já o achava um cara revolucionário, mas depois de ler os textos dele, agora acho esse cara soberano da existência. Não só admiro Freud pela sua teoria fantástica, mas também pelo seu empenho em testá-la e aperfeiçoar sua técnica baseada na sexualidade numa sociedade repressora, e ainda assim o vejo como um homem capaz de uma escuta sensível aos que se entregaram a seu cuidado - que diga-se de passagem, era experimental. Admiro a acidez de algumas de suas ideias, e sua maneira crítica de enxergar o mundo a sua volta, como quando diz que "[...] as questões de dinheiro são tratadas pelos homens civilizados de modo semelhante ao das coisas sexuais, com a mesma duplicidade, falso pudor e hipocrisia". A cada texto do "Velho Freud" (como chama-o carinhosamente a minha ilustríssima supervisora), mais eu me apaixono por suas ideias e por esse cara sucesso que ele é.
E claro: aproveitando que hoje é o Dia do Psicólogo, ótima oportunidade pra falar do Mestre Freud e toda sua sabedoria.

2 - Rainha Vitória
Eu sei muito pouco sobre a Rainha Vitória, até porque meu interesse nela é recente. Mas a era vitoriana muito me interessa, e eventualmente eu comecei a olhar pra mulher cujo nome foi utilizado pra demarcar tal tempo histórico. Do que sei, é que a Inglaterra prosperou horrores durante seu reinado e sei que ela perdeu seu amado marido Albert, pelo qual permaneceu em luto por sei lá quanto tempo. Depois, sei que ela se envolveu com um criado, mas tudo isso é nebuloso pra mim - e eu gosto é de fofoca gente, vejam bem. Por enquanto é mais uma curiosidade, então é, é isso aí. 

3 - Adolf Hitler
O que será que tinha na cabeça do Hitler que o possibilitou guiar uma nação inteira a uma conquista daquele tamanho? Afinal, antes de ser impedido (e ainda bem que ele foi!), Hitler estava conseguindo muito bem expandir o nazismo mundo afora. O homem frustrado que queria ser artista e virou figura histórica, quase mítica, muito me interessa também. Seja só por curiosidade, seja pela fascinação mesmo - porque cruel ou não, convenhamos: o cara era inteligente. Não entendam essa fascinação como uma aprovação do nazismo, de maneira nenhuma. Mas vamos ser honestos aqui: o que nós não daríamos pra entender como funcionava a cabecinha desse cara?

4 - Fernando Pessoa
Acho que sequer preciso explicar meu interesse nessa figura. Não só pelo poeta, mas pelo ser humano tão cheio de mistérios, de teorias, de pseudônimos que são tidos por vezes como múltiplas personalidades, por outras como uma criatividade sem limites. Independente da explicação por detrás dos vários nomes de Pessoa, eu daria muito pra sentar do ladinho dele num boteco e bater papo, só pra conhecê-lo mesmo. Acho que é mal de gente de psicologia, essa mania de querer bater papo pra entender a cabecinha das pessoas. Mas imaginem só que massa? Muito massa.

5 - Jack the Ripper
Tá. Eu tenho uma coisa com criminosos. Em especial, psicopatas. Simplesmente porque geralmente eles sempre trazem uma boa história - quer dizer, vocês nunca assistiram Criminal Minds? Assistam, e vão entender o que eu quero dizer.
Minha questão com o Jack the Ripper é o fato de que se especula e especula e ninguém sabe quem foi o cara. Por que ele fazia o que fazia? Por que ele parou? Qual era o objetivo, se é que havia objetivo, em atacar prostitutas, remover os órgãos delas? Eu queria muito poder, sei lá, passar meus dias estudando esse tipo de coisa e desvendar esses mistérios todos, e ter toda essa fantasia em cima dessa figura histórica é lenha pra minha fogueira, vejam bem. De qualquer maneira, acho essa história fascinante, então achei digno de colocar na lista também.
Embora eu morra de medo de psicopatas e principalmente do Jack the Ripper, mas isso é detalhe.

E minha lista acaba aqui. Eu adoraria falar de muitos outros, como alguma figura do Antigo Egito e tal, mas eu não saberia nomear uma em especial, então fiquei com essas mesmo. E quanto a vocês, leitores, quais suas figuras históricas preferidas? Já pensaram nisso? Se sim, me contem \o/ O post termina por aqui, então nos vemos em breve - até a próxima!

______________________



Esse post faz parte da blogagem coletiva do Círculo Secreto das Bruxas Blogueiras, um coven secretíssimo que reúne só as mais poderosas bruxas da antiga blogosfera. Fique de olho nos blogs participantes. Corvos estão voando e cartas estão sendo entregues.

Marcadores: , , ,


By Shana • quinta-feira, 27 de agosto de 2015 • 8 ComentáriosLink to this post


«older newer»