posts shana blog links
+ + +
Aquele post fotográfico #8

Saudações, queridos leitores! Demorei de novo, mas acho que agora podemos dizer adeus aos acúmulos de 2018. Meu plano inicial para novembro incluía participar da blogagem do Together e fazer 4 postagens, mas como sempre eu subestimei o meu cansaço e a correria da minha rotina e, bem... eu não deveria deixar acumular tantas imagens pra editar - que é o que acaba levando mais tempo e me faz enrolar cada vez mais esses master-posts sobre os acontecimentos da minha vidinha.
Apesar disso, a parte dois das atualizações de... setembro-outubro-novembro finalmente está aqui: tem comida, tem consumismos, tem presentes, enfim: de tudo um pouco, como bem é a cara desse blog. No mais, espero que algumas recomendações sirvam para rolês turísticos em São Paulo ♥ Sem mais delongas, vamos direto à parte que interessa!
Pra começar, eu quero deixar bem claro que não estou brincando quando digo que a quantidade de fotos acumuladas me desanima. Observem essa monstruosidade:


Quando eu digo que meus acúmulos não são de deus, eu falo sério.
Pra que esse post fique mais agradável, eu decidi separá-lo em 4 itens: comida, coisas que comprei, decoração e presentes. Porque sim, vamos falar de tudo isso hoje - minha vida é variada, meus amores, aqui não trabalhamos com a mesmice!
Sigamos para nosso primeiro tópico~
Comidas e lanchinhos

O primeiro item do qual quero falar é esse snack de alga-marinha (ou Nori, para os íntimos). A primeira vez que me deparei com esse negócio foi em uma live do Jungkook, do BTS, na qual ele comeu pelo menos uns dois pacotes desse negócio (que apareceu com ele em outras lives também). Parecia crocante e salgadinho, e ele parecia se deliciar tanto que fiquei curiosa. Supus que nunca ia encontrar o tal snack de alga-marinha nessa vida brasileira, então imaginem a minha surpresa ao vê-lo nas lojinhas da Liberdade!
Confesso que enrolei bastante pra comprar, porque fiquei com medo de odiar e gastar meus quase 7 reais à toa. Mas daí, acompanhada de uma amiga, me arrisquei - pelo menos eu não ia precisar come tudo sozinha, né?


Pra começar, vêm várias folhinhas no pacote, o snack é bem temperadinho e de fato, bem crocante. Achei que até valeu o custo-benefício, digamos assim. O problema mesmo foi comer.
A alga é desidratada, o que quer dizer que ao entrar em contato com a saliva ela fica mole. E aí a sensação é de comer um nori sem recheio. Enquanto comíamos, eu e minha amiga concluímos que faltava algo - tipo um temaki ou sushi por dentro, basicamente.
Uma coisa que pensamos seria fazer patê de atum e comer com as folhinhas. Eu ia testar essa ideia, mas acabei enfiando o negócio no armário quando cheguei em casa e, quando lembrei dos lanchinhos e peguei as sacolas de novo, ele estava murcho. Ou seja: nori molenga, sem recheio. Nem me arrisquei e acabei jogando o que tinha sobrado fora.
Me senti iludida, Jungkook. Você me respeite!


Outro snack que experimentei nesse tempo foi, na verdade, aquisição da minha mãe. Uma "novidade" da Hersheys, os Crunchers são flocos de arroz cobertos de chocolate, com algum mimo - a opção com chocolate branco vem com pedaços de frutas vermelhas (o da foto) e a opção com chocolate ao leite vem com crocantes de caramelo. Experimentei as duas versões (mas só fotografei uma, porque sou dessas), e aprovei ambas!
Enquanto o de frutas vermelhas tem a suavidade do chocolate branco com o azedinho das frutas, a versão com chocolate ao leite tem um sabor meio... paçoca? É, pra mim ele tem gosto de paçoquinha com chocolate. É bem gostoso, bem crocante, não quebra o dente, mas o preço é meio salgado - um pacotinho custa entre R$ 9,00 e R$ 11,00 dependendo do lugar. Vêm bastante crocantinhos, é muito gostoso e vale a pena experimentar, mas acho que fazer dele seu lanche semanal é prejuízo na certa, hahaha!
Ah! O pacote também vem com fecho zip-lock, então você pode abrir, comer e guardar pra mais tarde. Achei bem conveniente.


Esse item eu já postei aqui no blog há pelo menos uns 4 anos, mas demorei pra encontrar de novo da maneira que gostava e agora que consegui, decidi compartilhar. É um pãozinho recheado de Anko - Anpan -, mas a pasta é feita com feijão branco. O pão é bem macio e leva um pouco de gergelim por cima.
Eu adoro esse pãozinho! É leve, macio e bem doce por causa do recheio. Se não me engano, paguei menos de R$ 10,00 nesse pacote, e vêm 8 unidades embaladas separadamente - facilita o transporte e você pode levar na bolsa para lanchinhos durante o dia, por exemplo. Recomendo muito! O da marca Satsumaya (na foto) é bem macio, lembrando um pouco o pão de banha aqui do Brasil.


Outra coisa de comprei nesses tempos, mas esse eu não lembro se já postei aqui: o Pepero White Cookie - uma versão dos snacks-palitinhos cobertos com um creme branco e pedaços de biscoito pra dar uma crocância.


Todo mundo já deve ter ouvido falar do Pocky - o Pepero é a versão coreana da guloseima, mas sai bem mais em conta pra nós aqui no Brasil. Eu paguei acho que R$ 5,00 nessa caixa, que costuma vir com 8 a 10 palitinhos, bem embalada e tudo o mais; a caixa do Pocky, aqui na Liberdade, sai por cerca de R$ 11,00, e não vem muitos palitos a mais pra valer esse preço, em comparação.
Achei essa versão bem doce e gostosinha; embora pareça que tem pouca cobertura, ela é bem gostosa, tem um saborzinho de chocolate branco e não tem aquele gosto de chocolate hidrogenado também (bom, não muito, pelo menos). Recomendo pra quem gosta dessa moda de tudo-sabor-oreo (prefiro Negresco, me julguem se puderem).


Por fim, um pacote de "gelatinas" que mamãe comprou na Daiso e dividiu comigo. O pacote vem com quatro sabores - na foto, temos a versão de uva verde. A gelatina é bem durinha, mas mais macia do que uma jujuba, por exemplo. Bem saborosa, sequinha, é uma guloseima gostosinha pra se ter na bolsa. Acabei não experimentando os outros sabores, mas minha mãe disse que adorou. Se não me engano, pagamos R$ 7,00 nos 4 pacotinhos, que devem vir com cerca de 8-10 unidades cada.
Compras

Mudando a categoria, aqui temos uma variedade imensa de coisas que eu adquiri nesses tempos e resolvi dividir com vocês porque sim.
Acima, alguns itens que eu comprei na Avon. Da esquerda pra direita temos:
Batom de Longa Duração: comprei porque estava em promoção e não me arrependi. Mesmo tendo um pouco de transferência, ele dura por horas, inclusive depois de comer. Recomendo pra pessoa que, como eu, não lembram de ficar retocando batom.
Lápis Delineador: comprei e terminei frustrada, porque imaginei que lápis delineador fosse diferente de lápis de olho (ah, a inocência). Apesar disso, é bem macio e tal, então gostei. Achei mais fácil de passar do que o que tenho da O Boticário.
Hidratante Labial de Morango: OU: BATOM VERMELHO SABOR MORANGO. Esse negócio é super pigmentado e demora horas pra sair da boca! Uma camada só e a boca fica vermelha e úmida por quase um dia inteiro.
Spray Corporal Framboesa e Cassis: cheiroso e refrescante, foi provavelmente minha melhor aquisição dessa compra. Uso como perfume e adoro o cheiro que, pra mim, é docinho. Único problema é que, por causa do tom, ele mancha a roupa se você passa por cima, então eu uso direto no corpo depois do banho mesmo.
Creme para mãos: uma coisa que não gosto muito nos cremes para mãos da Avon é que eles são bem oleosos e você fica inutilizada por horas depois de passar. Apesar disso, a hidratação é muito boa, e o custo-benefício é ótimo (R$ 17,90, se não me engano). Por causa da oleosidade, costumo usar uma camada generosa antes de dormir, e me ajuda pra caramba (principalmente porque a pele das minhas mãos é MUITO ressecada, então é um bom parâmetro, eu diria).


Aqui temos alguns itens que eu comprei numa ida ao shopping. O kit com 3 pacotes de lenchinhos demaquilantes foi R$ 19,90 na Renner - vale muito a pena e os lenchinhos são ótimos; o Leite de Colônia e a Cera da Granado comprei numa Drogaria São Paulo, e se não me engano paguei R$ 7,90 e R$ 11,90 respectivamente.
O Leite de Colônia é uma substância que tira impurezas da pele, limpando os poros. Basta agitar bem, umedecer um algodão com o produto e passar na pele. Não precisa lavar depois, e dá pra usar como removedor de maquiagem também, mão não pode entrar em contato com os olhos. Já a Cera Nutritiva serve pra hidratar as cutículas - elas ficam mais saudáveis também e, se você usa direitinho, a cera (que é uma gordurinha, na minha opinião, porque vira um óleo na pele) também começa a diminuir as cutículas com o tempo. A caixa recomenda que se use até 4 vezes ao dia, mas eu esqueço, e mesmo assim hidrata bem. Só cuidado onde comprar: tem lugares que cobram até R$ 30,00 nesse potinho, e percebam que eu achei por menos de 15 contos.


Outro item que precisei comprar foi uma carteira nova - e não porque eu quis, mas porque minha carteira desistiu da vida ;_; Eu não queria trocar e fiquei uns dois meses esperando pra ver se aparecia uma carteira estampada e bonitinha na loja que costumo comprar, mas não encontrei. Acabei ficando com essa preta, da Satinato - acho que investi R$ 29,90 nela e, embora espaçosa por dentro, dá pra andar com ela no bolso, porque não é tão grande. Fiquei um pouco insatisfeita com a funcionalidade, porque preciso abrir ela inteira pra pegar as coisas e achei muita exposição, HAHAHAHA! Mas tem servido a seu propósito. Pelo menos até eu poder comprar uma que seja mais a minha cara, né.


Aqui, chegamos na sessão "eu não preciso disso mas eu quero e pronto". Comprei esses chaveirinhos fofos na Daiso, e paguei R$ 7,00 em cada um. Os de macaron, infelizmente, já tive que dar adeus, porque eles escaparam da correntinha. O pêssego eu consegui guardar pra arrumar, mas o verde se perdeu nas ruas de SP ;_; Foi um dia muito sofrido!
O chaveiro de pirulito, contudo, segue firme e forte na minha bolsa, tô bem satisfeita com ele! Adoro, já recebi elogios e é a coisa mais fofa e docinha que eu carrego comigo no dia-a-dia ♥


Antes do acidente com os chaveirinhos anteriores, eu encontrei esse azul na Daiso da Sé, e obviamente adquiri. Depois dos acidentes, contudo, fiquei com medinho de usar e acabar perdendo ele também, então por enquanto está guardado. :< Quando eu descobrir como usar essa fofura sem abrir mão dela, vou certamente colocar em alguma bolsa!


Esse aqui aparentemente não faz sentido, mas é muito útil pra mim. O Tenugui nada mais é do que aquele paninho que se usa pra embalar os bentos - quem assiste anime ou dorama japonês certamente já viu alguma personagem usando um desses.
Eu comprei justamente pra isso: carrego alguns potinhos pequenos com lanchinhos pro trabalho, e sempre fico com medo de abrirem na bolsa, se esparramarem, esse tipo de coisa. Com o tenugui, eu posso amarrar tudo junto, e eles ficam bem seguros mesmo com minha viagem de ônibus e o sobe-e-desce da rua. Paguei, se não me engano, R$ 8,00 na Daiso, e achei bem útil. Parece que tem outros usos também, e o papel da embalagem ensina uma forma legal de embalar bentou, mas num geral eu uso só pra isso mesmo e amarro de qualquer jeito, e segue funcionando.


Lembram quando eu disse que fiz comprar no Festival do Camarão? Seguem essas belezinhas! Aqui vocês veem dois colares de potinhos de vidro (ADORO ESSE NEGÓCIO!), uma corrente de prata e uma pulseirinha de bijou mesmo. Todos esses items foram R$ 10,00 cada. O ponto alto pra mim, contudo, foi essa caneca de caveira que minha mãe me deu!


Essa belezinha custou R$ 15,00, comporta cerca de 350ml, e vem com a tampa de alumínio decorada e o canudo. O canudo original era preto, mas acabei trocando com meu irmão.
Já tomei de tudo nela: milkshake, capuccino gelado, chocolate quente, suco, refri, chá gelado e sigo me aventurando. Estou apaixonada ♥ E feliz que minha mãe reconhece minha natureza trevosa e colorida, HAHAHAHA!


Aqui, as comprinhas da primeira edição da Feira Mística, que aconteceu na Paulista em Setembro. Comprei 4 colares e 3 pingentes - gosto desses colares longos porque acho fáceis de colocar e usar, e acho que dá um charme na roupa. Os pingentes são, de baixo pra cima, uma chave, uma fada sentada em uma lua, e outra chave, maiorzinha. Cada pingente foi R$ 5,00, o primeiro colar da fileira foi R$ 18,00 e os demais foram R$ 10,00. Achei baratinho, é o preço que costumo pagar em outras feiras, então pra mim valeu bem a pena.


Um close dos pingentes pra vocês. Meu favorito disparado é esse lobo com uma lua, bem bruxesco, minha cara.


Já na segunda edição da Feira Mística, que aconteceu em 24 e 25 de Novembro, eu comprei dois colares que fiquei namorando na primeira vez e não pude comprar. Esses foram mais caros - um foi R$ 40,00 e o outro R$ 60,00, mas eram feitos pela própria artesã e são a coisa mais linda, não quis passar vontade.
Outro item que comprei foram esses incensos naturais. Os aromas são DIVINOS, fora desse mundo de tão gostosos, e além de artesanais, não levam carvão na fórmula. Eles quase não deixam cinzas também, coisa que achei curiosa, e além de durar quase 1h, deixam o ambiente perfumado por quase um dia inteiro. Cada pacotinho vem com 6 incensos, e paguei R$ 5,00 em cada um - dadas as particularidades, achei que valeu a pena.


Aqui um close dos colares que comprei - um tem pequenas "pétalas" de dente de leão, e achei bem delicado, e o outro é uma lua com sal do Himalaia. De acordo com a artesã, são amuletos de proteção, mas eu comprei só porque achei bonitos mesmo.


Depois das compras na feira mística, eu e minha amiga começamos a perambular pela Paulista, e eu comentei que queria comprar bordados termocolantes pra arrumar um rasguinho na minha bolsa. Ela acabou me levando na Endossa - uma espécie de loja colaborativa, na qual as marcas/lojas se inscrevem e podem expor seus produtos no local. O design e a disposição das coisas é bem bacana: são várias "caixas" nas paredes, com alguns itens expostos, e se a loja for popular o bastante pra bater a meta de vendas, ela permanece no local. Tem Endossa em SP e em Brasília, e vocês podem entender melhor clicando aqui!
Comprei esses bordados de estrela e uma nota musical pra fazer uma montagem, e estou satisfeita que minha bolsa está arrumada agora ♥ Paguei R$ 8,00 e R$ 5,00, respectivamente. Vale comentar que no espaço tem preços variados, desde os mais acessíveis aos... típicos da Paulista, eu diria. Desconsiderando que a loja fica na Augusta, porque sim.


Nesses meses, outro item que eu adquiri foram esses sapatinhos fofos. Eu queria algum sapato nesse tom rosado faz um tempo, porque acho discreto, mas mais legalzinho que nude. São muito confortáveis e dá pra usar com todo tipo de roupa, eu acho - comprei mais pra ir trabalhar, mas acabou que já usei em tudo quanto foi ocasião. Paguei R$ 60,00, e fiquei bem satisfeita com eles.


Por fim, meu último consumismo da temporada foi esse par de All Stars azul-bebê.
Se eu precisava deles? Não. Se isso importa? Também não!
Vi essa fofura numa vitrine e me apaixonei. Adoro azul, All Stars são declaradamente meus calçados favoritos e, bem, eu trabalho pra pagar boletos mas pra ser feliz também, né? Então me dei o direito de aquirir essas belezinhas. São confortáveis, como todos já sabemos, e a cor é um charme a mais. Estou apaixonada sim, já usei até no trabalho (porque eu sou uma psicóloga que atende de tênis, ninguém reclamou, a sociedade que lide com isso).
Decoração

Como comentei, fiz a reforma do meu quarto e agora tem uma prateleira em L bem grande pra guardar meus livros. O negócio é que eu não tenho tantos livros pra preenchê-la (ainda), então precisei dar um jeito de segurá-los, pra não ficaram caindo pros lados. Comprei esses pesos de livro super fofos na Daiso, e paguei R$ 7,99 em cada um, se me lembro bem. Achei bem em conta e, além de fofos, são de ótima qualidade.
Só que, depois que coloquei eles nos livros, percebi que eles não aparecem, porque estão segurando coisas. Fiquei bem decepcionada sim. ;_;


Aqui um item totalmente desnecessário para suprir minhas vontades desnecessárias. A Daiso vendeu um monte de decorações fofas de Halloween esse ano, e mesmo sem fazer festa, eu comprei umas coisinhas pra entrar no clima aqui em casa. Comprei esses dois enfeites de maneira e essa casinha com luzes, e deixei na minha prateleira pra decorar. Fiquei bem satisfeita sim, e já tem a versão natalina também - mas eu vou falar dessa quando falarmos de natal.
Viram só? Entrar nos climas festivos é super fácil, minha gente, sem desculpa!
Presentes
Por fim, mas não menos importante: presentes!
Faz alguns meses, a Ren do Devaneio perguntou se eu me incomodaria em passar meu endereço pra ela, porque ela queria me enviar umas coisinhas que achava que eu ia gostar. Imaginei que fossem coisas corriqueiras, mas fiquei empolgadíssima assim que ela mencionou que tinha colocado qual no correio pra mim. Quando o pacote chegou, eu quase morri de tanta fofura, mas por um outro motivo também.

Quer dizer, olhem essa caixa cheia de coisas, essa cartinha super fofa ♥ Como não amar? Fiquei muito feliz com o presente e, claro, como em qualquer circunstância, eu preciso fazer uma inveja.


Na caixa vieram várias fofuras: um caderninho fofo, um hidratante labial da Nivea (sabor melancia), um bloquinho de notas foto, adesivos, uma amoeba (QUE É DIVERTIDÍSSIMA, RECOMENDO, COMPREM UM DESSES!), uma meia LINDA da Sailor Mars - que é uma delícia mas estou com um pouco de dó de usar -, um bottom do Jimin (meu homem) e um álbum do BTS.
SIM.
UM FUCKING ÁLBUM DO BTS.
Entenderam porquê eu infartei?
Minha querida Ren não só me encheu de fofuras, mas também me enviou só o meu álbum favorito de um dos meus grupos favoritos de KPop. Eu nunca tive nenhum álbum, então depois do choque inicial fiquei admirando todos os goodies que vieram com ele. Quase chorei de emoção, e nem estou brincando - se eu não me senti amada em 2018, nossa querida Ren certamente deu um jeito nisso. Nem consegui agradecer tão bem, porque fiquei meio sem palavras - eu mesma, atrapalhada Mello. Embora tenha retribuído os presentinhos, não sei se ficou à altura dos dela, mas nossa, só posso agradecê-la ♥ Seus presentes fizeram meu ano, Ren, muito obrigada pela amizade, pelos papos e por todo o resto! <3


Ufa! Finalmente, estamos oficialmente desacumulados - até porque 2018 está acabando e eu não quero levar nada dele comigo em 2019, hahaha!
Um problema que eu enfrentei nessa postagem foi a má qualidade das imagens. Meu celular estava fazendo uma espécie de nuvem branca nas fotos e eu demorei fucking meses pra descobrir o problema. Acontece que esta que vos fala é uma lerda (ou está tão exausta que o cérebro está desistindo mesmo), porque o problema era... vidro embaçado. Isso mesmo, o vidro exterior da câmera do meu celular estava embaçado e eu levei uns 2 meses pra levantar essa teoria - é muita burrice, que a deusa me perdoe.
Depois do susto (porque achei que minha câmera tinha bichado for real), as fotos melhoraram, mas precisei editar muitas delas pra ficar ~enxergável~, se é que me entendem. Tragicíssimo, meus caros leitores. Mas fazer o quê, né? Lidemos.
Espero que gostem do post tanto quanto eu gostei de escrevê-lo! E nos vemos em breve no mês mais festivo do ano todo! Beijinhos, e até a próxima, queridos leitores! o/

Marcadores: , , , ,


Written by Shana | 30 de novembro de 2018 | 2 Comentários | link to this post



«older home newer»