posts shana blog links
+ + +
Together | Uma carta ao Papai Noel

Querido Papai Noel,

Você se lembra da época em que eu achava que precisava falar todos os presentes que ia ganhar - inclusive os cadernos e roupas que minha mãe comprava ao final do ano -, achando que você precisava saber ou eu não poderia abrir nenhum deles? Ou da época em que eu te pedia pra deixar meu pai bem saudável, porque minha mãe me contou que o senhor era quem dava "forças para o papai trabalhar e comprar os presentes"? Ou quando eu deixei de acreditar no velhinho barbudo e gorducho, e me dei conta de que você é mais ou menos o espírito do natal?
O natal não é mais o mesmo, Papai Noel. Minha inocência de criança foi sendo manchada pelos problemas da vida adulta, e a cada ano que se passava, mais e mais o Natal foi se perdendo pra mim. Principalmente quando a vida levou meu pai embora - em 5 de Dezembro, dois dias depois de eu ter saído pra ver as decorações de Natal em São Paulo, 20 dias antes de celebrar aquela data que me fazia tão feliz todo ano.
O Natal perdeu o sentido, Papai Noel: as coisas não são mais as mesmas. Minha família já não está inteira, minhas fantasias se perderam e o que restam são as poucas lembranças da infância, de quando todo mundo à minha volta parecia star feliz em estar junto; de quando já em Novembro minha mãe sentava ao sofá com um caderno e passava a tarde ao telefone, convidando todos os nossos parentes e amigos, e anotando o que cada um queria trazer para compor a ceia; de quando meu pai ainda estava bem, vivo e conosco, e fazia várias operações dignas de espionagem pra esconder os presentes até dia 24; de quando o Natal era uma festa gostosa, bonita e divertida, e não um constante lembrete das coisas que eu não tenho mais.
É por esse motivo que neste ano eu queria pedir ao senhor que trouxesse de volta a magia do Natal. Que eu possa passar as outros o mesmo amor que eu sempre senti; que eu possa viver de novo o sentimento de que esse encontro, essa refeição e esses presentes são mais especiais do que os dos outros 363 dias do ano; que as pessoas possam de verdade se renovar ao final do ano, perdoar os erros e terem mais empatia umas pelas outras! Eu quero pedir, do fundo do meu coração, que as luzes natalinas possam iluminar os meus dias; que o calor da ceia possa aquecer meus sentimentos; que a união da festa prevaleça por mais 363 dias. O que eu mais quero de Natal é que os natais da minha infância voltem a ser mais do que mera fantasia - que retornem à realidade.
Eu sei, no fundo, que não tenho sido muito boa nos últimos tempos. Sei que tenho sido dura comigo mesma, me descuidado e machucado, e que a minha versão adulta precisa aprender com a minha criança a ser mais honesta, mais segura e mais leve. Então, Papai Noel, se o senhor puder me ajudar a realizar algum desejo, eu quero que ao menos no Natal eu possa ter de novo essa leveza, essa esperança e esse momento feliz. Nos outros 363 dias do ano, eu juro que vou me esforçar pra conseguir sozinha.

Com carinho (e fiúza),
B.

Esse post faz parte da blogagem coletiva de Dezembro do Together - um projeto para unir a blogosfera! -, cujo tema era "Carta ao Papai Noel".

Marcadores: , , ,


Written by Shana | 22 de dezembro de 2019 | 6 Comentários | link to this post



«older home newer»