posts shana blog links
+ + +
Panquecas Fofinhas + Caramelo Cremoso

Saudações, queridos leitores! ♥ Espero que tenham passado bem os últimos dias. Maio já está no final, e com a sua despedida vem chegando um friozinho maravilhoso - alguém aí além de mim curtindo intensamente essa queda de temperatura dos últimos dias? Eu estou me esbaldando um monte em chás e cappuccinos, lendo e assistindo as séries da minha lista embrulhada numa mantinha. Apesar de estar trabalhando de casa, tenho conseguido equilibrar o meu tempo e voltar a praticar alguns hobbies ao longo da semana, o que tem me deixado muito animada! Me sinto até meio culpada por estar lidando tão bem com as coisas esse ano, mas acho que o alívio tem superado os sentimentos negativos de longe. Quem acompanha esse blog sabe que eu estava precisando dessas boas energias, né non?
Se tem uma coisa que esse afastamento social tem me permitido colocar em prática novamente são meus dotes culinários. Eu sempre adorei fazer receitas gostosas e testar coisas, e nos últimos anos eu andava tão cansada que não fazia nada de muito diferente. Nesse mês eu estava tão inspirada pra testar coisas na cozinha que... inventei uma receita.
Sim, vocês leram certo! Decidi numa noite aleatória que queria comer aquelas panquecas fofinhas que fazem no Japão, e cacei várias receitas na internet - uma tão diferente da outra que eu não conseguia saber qual era a real receita das panquecas. Por fim, peguei um elemento comum em grande parte delas - claras em neve - e resolvi que ia inventar uma receita eu mesma, com o que tinha em casa. Não consegui fazê-las tão bonitinhas como as que vi pela internet, mas minhas fluffy pancakes (panquecas fofinhas é mais fofo, tho) ficam é muito gostosas! Então venham comigo, que eu vou dividir com vocês a minha receitinha, além de outra mistura super prática pra acompanhar essas delícias: caramelo cremoso!

Ingredientes
• 1 xícara de farinha de trigo
• 1 xícara de leite
• 5 colheres de sopa de açúcar refinado
• 1 colher de sopa de fermento em pó
• 1/2 colher de sopa de essência de baunilha
• 3 ovos
Modo de Preparo
Massa
Separe as claras das as gemas. Em uma tigela, misture as gemas, a farinha de trigo, o leite e a essência de baunilha. Com a ajuda de uma batedeira, bata as claras em neve - primeiro bata só as claras, e aos poucos adicione as colheres de açúcar, uma a uma. Bata até o ponto de 'pico' - quando você levanta seu batedor e as pontinhas da mistura ficam de pé! Ela vai ficar bem branca, lisa e vai triplicar de tamanho.


tem que ficar bonitão assim, ó

Tendo as claras em neve prontas, misture o fermento com os demais ingredientes. Depois, incorpore as claras em neve delicadamente - se puder, usando um fuê (fouet) - para que a mistura não perca muito do ar, pois é esse o diferencial da massa. Você vai ter uma mistura grande, mas bem leve.


vai dar bastantão assim, mas a massa em si é bem levinha

Fogão
Coloque uma frigideira pequena, de preferência antiaderente, para esquentar em fogo baixo. Coloque um pouco de manteiga para untar e coloque uma concha da massa. Você pode tampar a frigideira para fazer vapor e ajudar a cozinhar mais rápido!
Como a massa é leve, ela não pode ser feita em fogo médio ou alto, pois ela queima. Assim que a massa dourar na parte de baixo, vire a panqueca com a ajuda de uma espátula, e deixe dourar o outro lado. Quando os dois lados estiverem douradinhos, jogue para o prato! Atenção: não espere a parte de cima ficar cozida, porque a parte de baixo já estará queimada a esse ponto! A panqueca também cresce mais se você trocar de lado quando a parte de cima ainda está crua!
Uma dica: você pode usar um garfo pra ir levantando a panqueca e ver se já está dourada ou não. Como a massa é bem leve, você também pode usar um garfo pra ajudar a colocá-la na espátula, e então virar a panqueca com mais facilidade.
Essa receita rende cerca de 12 panquequinhas médias.


Uma dica: Acabei testando uma outra forma da receita depois, no entanto. Acrescentei mais 1/2 xícara de farinha de trigo à massa e, na hora de levar pro fogão, usei uma frigideira anti-aderente sem nenhuma gordura/óleo pra untar. As panquecas ficam mais lisinhas (iguais as das fotos!) sem manteiga/óleo na frigideira; quanto à farinha que eu acrescentei, ela deixou a massa um pouco mais pesada, e daí 2 a 3 panquecas eram mais que o suficiente pra deixar uma pessoal adulta satisfeita (tirando meu irmão. Ele não é um ser humano comum).
Esteticamente elas ficaram bem mais bonitas (talvez porque eu pequei a prática, contudo?), e acho que alimentam bem mais, mas a suavidade acabou se perdendo com o acréscimo de farinha. Ainda não tentei fazer a receita original sem untar a frigideira, mas fica aí a observação pra vocês testarem também!

Ingredientes
• 1 xícara de açúcar
• 1/2 xícara de água
• 2 colheres de manteiga ou margarina
• 1 caixa de creme de leite, sem soro (200ml)
Modo de Preparo
Comece separando seus ingredientes - você vai precisar misturar tudo bem rápido quando chegar o momento certo! Deixe tudo à mão pra facilitar o processo, e evite usar os ingredientes gelados!
Comece misturando a água e o açúcar em uma panela com cuidado, pra dar uma dissolvida no açúcar, mas sem pressa pra que não fiquem grãos de açúcar nas bordas da sua panela (eles vão queimar, e não queremos lidar com açúcar queimado). Quando terminar, coloque a mistura pra cozinhar em fogo alto e não mexa mais - o açúcar vai se transformar em caramelo eventualmente. Fique observando a mistura ferver até começar a ficar num tom âmbar (tipo calda de pudim). Com o fogo ainda ligado, coloque as duas colheres de manteiga e misture bem - assim que a manteiga se dissolver na mistura, desligue o fogo e, aos poucos, coloque o creme de leite, sem deixar de misturar. A manteiga ajuda o caramelo a ficar mais oleoso e não grudar, e o creme de leite vai dar a cremosidade, deixando aquela textura de calda maleável. Enquanto está quente, a mistura é bem líquida, mas se você deixar esfriar ela fica parecendo leite condensado.
Caso o caramelo endureça depois que você colocar o creme de leite (inclusive, é melhor evitar usar creme de leite gelado por conta disso!), não se desespere: coloque a panela de volta ao fogão em fogo baixo, e vá mexendo delicadamente até o caramelo se dissolver. Assim que a mistura estiver homogênea, ela está pronta - pode desligar o fogo que ela não endurece mais.
Como deu pra perceber pela quantidade de açúcar, o caramelo é bem doce - então aproveite com moderação! Dá pra colocar essa calda em bebidas, sorvetes, comer no pão ou com torradas, é super gostosa! ♥


Se tem algo que percebi fazendo esse post é que não sei explicar essas coisas de uma maneira muito objetiva - mas eu ouço tanta gente dizendo que não faz ideia de como cozinhar essas coisas que fico com essa ideia de explicar tudo tim-tim por tim-tim pra fazer sentido. Espero que tenha feito? Hahahaha!
Eu confesso que fiquei me sentindo a chef quando a receita deu super certo. As panquecas ficaram docinhas na medida certa (evitei colocar muito açúcar porque já tinha planejado fazer o caramelo quando resolvi testar a ideia), e embora não tenha crescido muuuuito como as que vi na internet (em parte porque eu tinha que usar um cortador na frigideira e preguicei total de tentar fazer isso dar certo), elas ficaram mais leves do que as que costumamos fazer em casa. Elas são bem aeradas, leves, fofinhas e gostosas! A única parte chata é ficar no fogão fazendo - e olha que eu usei duas frigideiras ao mesmo tempo pra acelerar o processo, hahaha! De qualquer forma valeu a pena, e eu fiquei bem satisfeita com o resultado ♥
E vocês, queridos leitores, o que acharam? Espero que tenha dado pra entender tudo bonitinho e, se testarem, quero fotos! HAHAHAH! Um beijinho pra vocês e até a próxima!

Marcadores: ,


Written by Shana | 30 de maio de 2020 | 8 Comentários | link to this post



«older home newer»