posts shana blog links
+ + +
Perguntas [não tão] simples e softzinhas
Saudações a todos, queridos leitores! Mais um mês de quarentena para nós que moramos em SP e região, mais um mês tentando transformar a rotina fora da mesmice. Como anda a quarentena na cidade de vocês? Essa semana minha mãe recebeu a notícia que a empresa segue em home office até 31 de Julho independente da decisão da prefeitura/governo do estado, e ela especificamente não tem data pra voltar por pertencer ao grupo de risco - o que quer dizer que independente das minhas atividades e do meu irmão, ela vai continuar em casa e seguiremos sendo cuidadosos com isso. Apesar do caos, aqui em casa seguimos saudáveis e relativamente tranquilos - tive um certo surto de inquietação por esses dias, mas acabei investindo uma grana que estava guardada e consegui um novo hobbie, riscar itens da minha wishlist e resolver algumas pendências que andavam me deixando tensa, então acho que colocando na balança, tudo dentro dos conformes.
Apesar da enrolação, a postagem de hoje não é uma atualização sobre minha rotina (embora vamos ter uma dessas em breve, vocês me aguardem), mas sim um meme que a Yuzu me indicou - muito beijos pra você menine, estava precisando! Nem parece que houve uma época na qual eu ficava devendo respostas a memes pras pessoas. Quando foi a última vez que algum de vocês respondeu um meme (ou tag, como os xóvens gostam de chamar) em vossos bloguinhos? Os últimos que eu respondi foram memes antigos que eu mesma quis ressuscitar, então acho que está mais do que na hora de começarmos novos memes e fazê-los girar pela blogosfera. SÓ NÃO RESSUSCITEM O LIEBSTER AWARDS PELO AMOR DE TUDO O QUE É SAGRADO NESSE UNIVERSO!!!!!!!1!!!111!!!!!ONZE!!!
Caham, sem mais delongas, vamos ao meme:
Perguntas [não tão] simples e softzinhas
Simples e gostosinho, o meme de hoje é uma lista de perguntas "levinhas" que eu consegui interpretar erroneamente e brisar loucamente em cima. Sigam-me os bons, os que tiverem coragem, ou os que não têm nada melhor pra ler nessa internet!


Sobre o que você sonhou noite passada?
Com uma mistura de várias coisas que não consigo lembrar agora. Tenho me atentado aos meus sonhos porque minha psicóloga sempre discute eles comigo, mas quando sonho muitas coisas aleatórias ou sem muito sentido pra mim, acabo deixando passar. Quando é algo que me marca ou impressiona, daí tendo a ficar com isso em mente pra levar pra sessão e discutir com ela tho.

Qual sua cor preferida?
Azul ♥ em praticamente todos os tons, inclusive.


Você se sente mais conectado com a lua ou o sol?
Eu não me sinto especialmente conectada com nenhum dos dois. Mas odeio sol porque associo a calor, e sempre gostei mais de admirar a Lua, então acho que tenho uma conexão maior com ela.

Você já fez um desejo para uma estrela cadente?
Quando eu era criança. Mas eu achava que aviões eram estrelas cadentes, então não sei se conta, hahahaha!

Diga um filme que te arranca muitas risadas.
A Proposta. Uma das melhores comédias românticas dos nossos tempos ♥

Quando foi a última vez que você sentiu-se como se pudesse flutuar?
Eu tenho certeza que a pergunta não é essa, mas eu tendo a me sentir meio flutuante depois de fazer exercícios? Hahahaha! Faz mais ou menos uns dois meses; depois que acostumei com a atividade na minha rotina, tô sempre com os pés bem grudadinhos no chão. Mas precisei dar uma pausa essa semana e, quando voltei, fiquei com o corpo todo leve de novo - drogas pra quê? Altos baratos aqui em casa -qqq

Sobre o que você mais gosta de sonhar acordado?
Eu não costumo sonhar acordada, hahahah! Eu sou bem pé no chão, e mesmo que eu me perca nos meus pensamentos porque estou concentrada em algo, eu não tendo a sair muito da realidade. Sou assim desde nova, quando concluí que sonhar acordada não fazia nada emocionante acontecer na minha vida, comecei a partir pra ação. Altos perrengues pero no regrets.

Você acredita em anjos da guarda?
Mais ou menos. Cresci numa família muito católica, mas minha mãe e avó paterna são espíritas, então também cresci ouvindo falar em espíritos mentores que nos protegem. Como a boa agnóstica que sou, minha opinião sobre o assunto fica oscilando - em alguns momentos eu tenho certeza que algum guardião me protegeu de alguma coisa, em outros eu acho que é só um mito mesmo.

Qual cheiro te lembra a sua casa?
Arroz no fogo. Não tem muitos outros cheiros na minha casa, mas o arroz que meus pais fazem tem um cheiro diferente do que o arroz na casa dos outros. Se fizer sentido.

Diga alguma coisa (ou alguém) que você está amando.
Washi Tape. HAHAHAHA! Já gastei uma pequena fortuna esse mês (embora em grande parte por causa dos fretes), e só não comprei mais porque não quis gastar ainda mais dinheiro com isso. Sei que estou colando washi tape em tudo, só não colei na cara porque não quero estragar, risos.

Descreva a memória da última vez que você se sentiu muito feliz.
Quando fui ao show do BTS. Antes disso, quando passei no vestibular.

Diga uma música que faz você se sentir etéreo.
Que pergunta esquisita. Acho que a última que ouvi que me deixou nesse clima foi Into the Unkown da AURORA.


Qual a sua estética ideal de verão?
Que o verão deixe de existir e seja substituído por neve. Seria lindo.

Fale sobre um dos seus momentos preferidos da sua infância.
Natal! Quando eu penso numa infância feliz, eu lembro dos preparativos de Natal com a minha mãe - quando ela tirava as decorações do armário e me deixava colocar os enfeites com ela, dela sentada no sofá com sua caderneta, ligando para todos os parentes pra convidá-los e confirmar o que cada um ia levar, quando ela ia comigo nas lojas comprar presentes e afins.
Outro momento são os banhos de chuva que eu tomava com meu pai e meu irmão. A gente ficava sempre torcendo pra vir alguma chuva forte e daí corríamos pra pedir pra ele se podíamos ir pra rua. Ficávamos um bom tempo correndo pra cima e pra baixo, gritando e tomando chuva - depois minha mãe gritava pra todos voltarem pra casa, a gente tomava banho e bebia chocolate quente. Saudades ♥

Fale sobre algo incrível ou animador que aconteceu contigo esse ano!
Eu consegui montar meu próprio consultório e começar a trabalhar de forma independente. Ainda não caiu a ficha totalmente, mas certamente é algo incrível e animador xD

Onde você se sente mais em casa?
No meu quarto. Mais especificamente na minha cama.

Tem alguma coisa que você possui que é muito importante para você? Por que é
importante?
Atualmente, todas as coisas que guardei que pertenceram ou meu pai, ou que ele me deu. São as memórias que tenho dele.
Outra coisa que guardo e acho importante são os documentos antigos dos meus ancestrais - desde os passaportes e documentos de quando eles vieram para o Brasil até às carteiras de motorista do meu pai e do meu avô materno. São as raízes da minha história, e acho legal ter esse tipo de coisa comigo.

Você acredita que os sonhos tem significados ou eles são simplesmente aleatórios?
Eu acredito em um pouco de tudo. Os sonhos são uma produção do nosso cérebro, mas eles tendem a significar alguma coisa porque é algo que está na nossa mente. Eu acredito muito no que o Freud fala sobre sonhos, de como é um ambiente onde a gente pode sentir e pensar sem restrições nem censura, mas vez ou outra acho que tem algo de místico neles - principalmente porque eu tendo a sonhar coisas que acontecem, ou ter "avisos" de vez em quando (do tipo, sonhar coisas que eventualmente acontecem). Por outro lado, às vezes a nossa mente (ou ao menos a minha) só está trabalhando e a gente sonha com um tigre de tutu dançando macarena na torre Eiffel, fazer o quê.


Você acredita em amor à primeira vista?
Nunca rolou comigo, então não sei dizer se acredito ou não.

Qual foi a coisa mais gentil que alguém fez por você?
Quando uma moça desconhecida me viu chorando no hospital, no dia que meu pai morreu, veio até mim e perguntou quem eu tinha perdido. Ela me deu um abraço e me deixou chorar sem me perguntar nada. Quando eu disse que estava bem e precisava ver meu irmão na recepção, ela só colocou a mão no meu ombro e disse que ia rezar pela minha família.
Eu não sei quem ela é, não sei o nome dela, e ela foi mais gentil comigo do que todos os meus familiares que estavam no hospital naquele dia.

Você acredita em sereias?
Sou agnóstica. Não acho que a gente tem como provar nem que existem, nem que não existem.

O que você mais gosta na natureza?
O céu, o pôr-do-sol, a noite e as estrelas.

Qual seu signo do zodíaco? Você se encaixa nas características do seu signo?
Meu signo é Aquário, e eu me encaixo em algumas características dele - sou muito criativa, me mobilizo muito com causas e questões sociais, sou um pouco desapegada e não gosto de mesmice. Meu ascendente também é Aquário e me disseram que a nossa personalidade tem que levar em conta todo o mapa astral. Quando fizeram o meu, aparecia aquário mais duas vezes nele, totalizando 4 de 12 casas.
Dá pra dizer que eu sou bem aquariana, sim.

Você é super romântico ou mais realista?
Eu sou bem mais realista, embora eu goste romances e coisas fofas e românticas. Tem que ter um limite de bom-senso e praticidade, por favor. Nada de me pedir em casamento no meio do restaurante, pelo amor de Afrodite!

Qual música te passa boas vibrações quando você ouve ela?
Eu não sou do tipo que ouve uma música pra me animar, eu geralmente escuto alguma coisa que me ajude a passar pelo que estou sentindo. Nesse sentido, There is a Light That Never Goes Out do The Smiths é a canção que tende a me acalmar e a me ajudar a passar por algum momento difícil. Shiver, da Lucy Rose, tem essa mesma vibe. Acho que a pergunta não era essa, mas essas duas me passam uma energia que me leva a ficar mais positiva depois de um tempo, então achei que cabia aqui.


Você geralmente se lembra dos seus sonhos?
Com frequência. Minha família (por inteiro, família extensa) leva sonhos muito a sério - do tipo: te ligar pra saber se está tudo bem porque sonhou com você-, então eu sempre dei muita atenção a eles. Conforme fui estudando a coisa na faculdade, comecei a prestar mais atenção nos detalhes e simbolismos oníricos, e desde que minha psicóloga passou a perguntar sobre e interpretar meus sonhos, eu tenho a impressão de que fiquei ainda mais atenta. Não lembro de todos, mas geralmente lembro o que sonhei logo que acordo e até alguns dias depois.

Você já escreveu uma carta de amor?
Já. Péssima decisão, me arrependo horrores, não façam isso crianças!

Diga um livro que você não se importaria de ler várias vezes.
Eu não sei se hoje tem algum livro que eu gostei de reler. Meu autor favorito tem uma escrita um pouco maçante, então eu não sei se leria algum livro inteiro mais de uma vez (eu sei, uma ironia, mas é o único autor que nunca me desagradou numa história. Adoro os universos que ele cria!).
Eu releio algumas fanfics e mangás quando sinto que preciso de algo numa certa vibe pra me animar ou algo assim, mas é mais ou menos isso. Se contar, eu releio alguns textos do Freud várias vezes porque vou entendendo melhor com o tempo. Meu texto favorito é o Sobre a Transitoriedade (1916), onde ele fala sobre como as coisas não perdem seu valor por serem efêmeras.

Você coleciona alguma coisa? E quais hobbies você tem?
Eu sou uma colecionadora incorrigível. Eu começo a juntar coisas com um propósito, ou acabo só acumulando uma série de coisas que eu gosto, e depois fico com dó de dar fim nos objetos. Com isso eu criei coleções de chaveiros, adesivos, cadernos, folhas de fichário, canetas, post-its, itens de coisas que sou fã e agora estou literalmente colecionando washi tapes (mas essas eu estou usando, então não preciso me sentir mal com isso).
Meus hobbies incluem qualquer coisa que me tire do tédio. Eu deixei muitos de lado depois do cursinho (porque a vida universitária foi O CAOS na minha vida), mas em geral eu mantenho ouvir música, editar imagens, ler e cozinhar. Atualmente eu retomei o hobbie de decorar coisas, fazer um pseudo-BuJo (agradecimentos à Yuzu que sem saber me encorajou) e atualmente estou fazendo cartões (de natal, majoritariamente, porque é a única época na qual eu envio cartões pras pessoas).

O que você sente quando está em paz?
Vários nadas. Eu sinto uma série de coisas com muita intensidade, então meus momentos mais pacíficos são quando eu estou só brisando ou fazendo algo que não precise pensar muito. Basicamente.


Bom. Eu tenho certeza absoluta de que eu levei grande parte das perguntas pra um caminho totalmente diferente do que foi planejado por quem fez esse meme, HAHAHA! Apesar da proposta ser 'perguntas leves e fáceis', já tinha comentado pra Yuzu que eu achei as perguntas bem complexas - ou, como ela mesma me disse, talvez a gente pense demais nas coisas e mesmo as questões mais simplórias viram coisas profundas e complexas nas nossas cabecinhas. Acho que é bem por aí mesmo.
Como a graça de fazer um meme é sempre arrastar as amigas pra fazer junto, eu vou indicar essa belezinha para as minhas queridas Monnie, Helo, Snow, Mie-chan, Nat e Ren. Espero que o meme as divirta ou pelo menos sirva pra deixar o blog em dia, hahaha!
Espero que o meme tenha servido pra mostrar alguma coisa sobre mim que vocês não sabiam, ou que ao menos tenha sido divertido de se ler ♥ Beijinhos a todos, e até a próxima! o/

Marcadores: , ,


Written by Shana | 21 de junho de 2020 | 5 Comentários | link to this post



«older home newer»