posts shana blog links
+ + +
Together | O que tem no meu celular?

Saudações, queridos leitores! Estão todos tão gratos pelo feriado prolongado quanto eu? Pois eu duvido - não tem um único indivíduo brasileiro que esteja precisando mais dessa pausa do que eu. Essa última semana de fevereiro acabou comigo - primeiramente, não passei para o curso que tinha me inscrito e, embora tenha estudado horrores e ido bem na prova, fui desclassificada na entrevista. A melhor parte é que não faço ideia do porquê, pois a comissão não se prestou nem a passar as notas, nem a dar um feedback. Bem, vida que segue - eu tenho outros planos pra 2019 e acredito que se algo não dá certo é porque coisa melhor vem pela frente.
Mas esse não é meu real problema, jovens leitores.
Meu real problema é uma inflamação na região lombar da coluna, que depois descobri na verdade ser na junção da coxa com sei-lá-que-parte-do-meu-corpo, que me deixou dois dias de cama, sem poder sentar nem andar. Tá bom ou quer mais? Pra resumir, precisei ir ao pronto socorro hoje, ganhei uma receita com anti-inflamatórios pesados e um encaminhamento pra ortopedia. Ao menos já consigo me locomover sozinha sem chorar de dor pelos cantos, o que sinceramente é uma dádiva.
Maaaas o mês de fevereiro não foi de todo ruim, então hoje vamos de blogagem pra encerrar com chave de ouro! Resolvi participar do tema desse mês do Together, embora já fora do prazo, porque eu estava com vontade de fazer algo do tipo há algum tempo e não posso deixar passar a oportunidade, né non? Pois então vamos ao post!

O que tem no meu celular?
Em dezembro de 2016, meus pais me presentearam com um smartphone - um Lenovo Vibe C2, do qual eu falei um pouco aqui nessa postagem. Esse foi, inclusive, o último presente de natal que recebi de ambos os meus pais, embora quem tenha decido que um celular decente era uma necessidade foi mamãe.
O Vibe C2 é muito similar a qualquer celular da Motorola, visto que a Lenovo comprou a empresa em 2014. É um modelo intermediário, com 16GB de armazenamento interno, 1GB de RAM, processador de 1 GHz Quad Core e câmera de 8mp (frontal: 5mp). A tela do Vibe C2 tem 5 polegadas, ele é dual sim e suporta SD Card de até 32GB. O sistema operacional é o Android 6 - Marshmellow.
Atualmente, acho que já dá pra dizer que meu celular está antigo, visto que tem muita coisa atualizada surgindo por aí - mas como saem modelos novos o ano inteiro, eu não me incomodo. Ele funciona muito bem pra minhas necessidade e o melhor: a câmera é boa. Veio em boa hora, inclusive, porque a minha digital tinha quebrado e eu morro se não puder tirar fotos das coisas a minha volta (sou muito blogueirinha sim, fight me!)

clique nas imagens para ver na resolução original

Aqui temos a tela de bloqueio do meu celular, mais a tela principal dele. O plano de fundo é um set do Jimin (BTS) que eu fiz em janeiro, originalmente para o meu computador (visto que o Windows 10 tem tela de bloqueio, então eu sempre faço set de wallpapers pra ele) e que eu acabei editando pro celular também. A inspiração pra esse set foi a música "For Your Entertainment", do Adam Lambert.
Na tela de bloqueio, do lado direito, vocês veem a minha função predileta do celular: a câmera rápida. Eu sinceramente espero que isso já seja padrão pra todos os modelos de celulares existentes, mas se ainda não é: basta deslizar o dedo pelo ícone e ele abre a câmera, pra você poder fotografar as coisas rapidamente. Meu celular tem senha (PIN), e essa função me permite abrir a câmera sem precisar da senha. É muito rápido e muito útil - mas ela só permite fotografar e visualizar as fotos que você fez no momento, as demais funções permanecem bloqueadas por segurança.


Aqui é a tela na qual eu mantenho o celular - a dos aplicativos. Diferentemente de outros modelos que eu já vi, a configuração padrão do meu celular só permite deslizar as telas pra lateral - embora, acho, posso colocar quantas 'telas' eu quiser, por assim dizer. Eu acabo deixando 3 - uma com o player de música, uma com o relógio e uma com os aplicativos. Tem uma outra tela com toooodos os apps do aparelho, mas achei desnecessário porque a maioria são os aplicativos padrões, e os que eu instalei à parte estão todos aí mesmo.
Isso dito, eu queria vender meu peixe falar um pouco desses apps! A maioria deles tem funções muito práticas e, na verdade, esse é o motivo de eu querer fazer esse post: eu quero disseminar essa praticidade pra outras pessoas, eu preciso fazer isso!

Night Mode Screen Dimmer: esse app tem uma única função: escurecer a tela do seu celular, muito além do brilho mínimo. Ele faz uma 'camada' escura por cima de tudo o que está acontecendo, pra que você possa usar o aparelho em ambientes com baixa luminosidade sem sofrer. A princípio eu usava o Night Owl, por indicação de uma amiga, mas depois de uma atualização ele começou a me desagradar um pouco e eu acabei instalando esse. É bem básico - minha única crítica é que você precisa abrir o app pra editar o dimmer, e isso pode ser difícil caso você esqueça de fechar e saia na rua, por exemplo. Já aconteceu de eu me desesperar achando que meu celular não ligava e, quando consegui ir pra sombra, percebi que o app estava ativado. Esse dia foi louco -qqq

Moovit: a melhor invenção da humanidade pós-moderna, o Moovit é um app que ajuda o usuário a se locomover pelo transporte público. Funciona de forma muito parecida a um GPS - você diz onde está, pra onde quer ir e ele te dá as rotas possíveis de ônibus, metrô e a pé. Nada que o Google Maps não faça, né?
A diferença é que, se a função de localização estiver ligada, o Moovit te orienta durante todo o percurso! Ele mostra os pontos de ônibus em tempo real, por exemplo, e te avisa onde descer dois pontos antes do seu destino, 1 ponto antes e na hora de descer. Funciona também com o metrô, e ele te orienta mesmo se você estiver andando a pé. Outra coisa bacana é que você pode deixar o app em segundo plano, apagar a tela do celular e ele te notifica mesmo assim. O Moovit é meu mais novo melhor amigo, e agora eu ando por SP 100% tranquila - pelo menos perdida eu não fico. Adeus à vida de depender do cobrador! Ah é, ele funciona em outros lugares além de SP - basta que a linha de transportes da cidade esteja cadastrada no app!

CamScanner: o app que salvou minha vida universitária e continua me salvando em várias ocasiões. O CamScanner é um app pra escanear documentos pelo celular. Você só precisa tirar a foto do documento pelo app, e ele edita, melhora as imagens, tira foto em conjunto, faz .jpg e .pdf, compartilha com a nuvem e onde mais você quiser - eu escaneei livros inteiros nele, com mais de 200 páginas, e salvei no google drive ou mandei pra amigos pelo WhatsApp. O único ruim dele é que, se sua câmera não for muito boa, parece que a qualidade fica ruim mesmo com as opções de melhoramento do documento. Ainda assim, recomendo testar - surrupiei altos livros acadêmicos em bibliotecas sem ter cadastro, é 100% útil!

Sailor Drops: o único joguinho que sobreviveu às minhas limpezas. Sailor Drops é o típico Bejelewed (ou 'candy crush', para as gerações mais novas), mas com a vantagem de seguir o enredo do mangá e ter personagens e goodies colecionáveis. Ele funciona bem com 3G e não consome muitos dados, embora consuma um pouco de bateria. Fora ele, eu também tive o Little Alchemy, o Pokemon Shuffle e o próprio Bejelewed. Acabei desinstalando os outros porque fiquei meses sem usar - o Sailor Drops é o único que mantive porque, além de gostar da jogabilidade, ele tem eventos mensalmente, então mesmo que você fique empacado em uma fase sempre tem algo pra fazer.

Puffin: eu mal uso, mas já que estamos aqui: o Puffin é um navegador, não muito prático, mas que ainda lê sites em flash. Eu tenho um jogo em flash do qual não consigo me desprender por nada, e o Puffin acaba sendo útil quando preciso logar pra pegar o bônus diário e estou sem wifi ou viajando. Fica a dica, caso alguém esteja de saco cheio do chrome -q

Social Media: bom, eu não vou falar desses, porque todo mundo conhece, mas os únicos apps sociais que uso são o WhatsApp (porque todo mundo usa, fazer o quê), o Messenger (porque algumas pessoas só tem meu facebook) e o Instagram (@kawasumishana, se quiserem).

Por fim, ao longo desses 2 anos com meu celular eu colecionei algumas capinhas. Aí na foto, elas estão em ordem de uso - a primeira é uma capinha dourada, com um sorvete em alto relevo que tem aquele efeito "aquário", de glitter em movimento. Eu a ganhei da minha avó e uso pouco porque 1 - é pouco prática e 2 - eu não gosto muito de dourado.
A segunda é a minha primeira capinha, e a foto ficou horrível, mas ela é prata e tem um fundo de tabuleiro do Mickey. Eu adoro essa capinha, e só parei de usar porque ela desgastou muito e ficou meio feia -q
A terceira é uma capinha que eu adoro, toda blogueirinha - inclusive, as duas frases na parte branca são trechos daquele texto em latim que o blogger coloca em toda postagem padrão. Comprei por motivos óbvios *cof* minha cor favorita *cof*, mas acabo usando menos porque ela é muito grossa e acho chato ficar caçando os botões nela.
As duas últimas, por fim, são as que uso mais - essa da Minnie toda trabalhada no glitter holográfico, bem a minha cara, é bem resistente mas tem as laterais bem maleáveis, o que facilita ao usar os botões de liga/desliga e volume. A última é uma capinha transparente, que eu comprei pra usar com adesivos sem estragar o celular. É a que estou usando atualmente, inclusive.

Enfim! Esse é o meu celular. Não sei se esse post revelou alguma coisa sobre mim - a não ser meu instagram, mas, bem, não é como se eu estivesse escondendo ele de alguém.
Mas o que eu queria mesmo era falar dos aplicativos - vocês conheciam todos eles? Se sim, o que acham? Se não, quais querem experimentar? Eu obviamente recomendo todos (exceto o Puffin, que eu sinceramente acho chato de usar), então quero saber a opinião de vocês ♥ Como sei que muitos leitores aqui do blog fazem parte do Together, me contem também o que acharam da blogagem! Eu adorei esse tema, e agradeço muito à Monnie por tê-lo sugerido - você é uma maravilhosa, menine! *w*
Por fim, eu encerro esse post por aqui. Um bom carnaval a todos vocês, independente de são festar ou hibernar nesse feriado. Beijinhos, e até a próxima!

Marcadores: ,


Written by Shana | 28 de fevereiro de 2019 | 6 Comentários | link to this post



«older home newer»