welcome
posts me blog links
"There's a part of you I'm trying to reach
Still a part I don't know
Tell me, is devotion a gift or a thief?
Do you wish I'd let go?

webmiss

Kawasumi Shana. 25 anos, somando +1 todo dia 07 de Fevereiro. Aquariana. Adoro música, mangás, animes, filmes e livros. Odeio insetos, injeções e filmes de terror, sou criativa e contraditória, possivelmente tenho um parafuso a menos - mas juro que sou legal. Ou não. more?

follow me


Follow



last words

 
Hishoku no Sora
Google Chrome | 1920x1080


Acabou Novembro, e o que aconteceu?

Saudações, meus caros leitores! Faz algum tempo que não faço uma atualização mais pessoal - culpem o cansaço, a preguiça, a falta de vontade, qualquer coisa. O ponto é que nesse tempo muita coisa aconteceu, e embora eu tenha comentado sobre algumas num post recente, deixei muita coisa de fora e queria detalhar umas coisinhas também. Então vamos de post pessoal hoje, que eu preciso botar umas coisas pra fora também.
Pra começar com uma coisa bem boba, no fim de setembro eu cortei meu cabelo para doar. Faz alguns anos que eu tenho usado meu cabelo curto, e eventualmente comecei a deixá-lo na altura dos ombros. Como em Abril eu tinha a festa de formatura da facul, resolvi deixar as madeixas crescerem, pra caso resolvesse fazer algum penteado, etc. Adorei o cabelo comprido, mas por mais lindo que ele fique (porque os cachos ficam mais definidos e tal), é trabalhoso mantê-lo grande - demora pra lavar, demora pra secar, demora pra arrumar... Contudo, eu sempre quis doar cabelo - primeiro porque não tenho dó alguma de cortar, e segundo porque sempre que posso fazer algo bom, faço. Assim, deixei meu cabelo crescendo até o finzinho de setembro, quando finalmente pude passar a tesoura. Não deu muito, foram só os 15cm necessários mesmo (parece que o mínimo é 10). Acabou que tive uns problemas técnicos - vulgo um problema que desenvolvi na planta dos pés e que me impede de andar sem sofrer de dor - e eu não consegui levar em nenhum posto de doação; as madeixas estão guardadas, no entanto, e pretendo encaminhá-las em breve!
Daí, bom, pra resumir: o cabelo que estava no meio das costas foi parar no pescoço e eu fiquei felizona com minha liberdade capilar. Cortei reto pela primeira vez e ele não virou uma pirâmide, então terminei super satisfeita. 

Outra coisa bacana, que já falei aqui, é que comecei a trabalhar como psicóloga, enfim. São poucas horas, e eu ganho por atendimento, então não é bem o emprego ideal - mas é bom pra adquirir experiência na área e rola uma grana, ainda que pouca. Até o momento tem sido bacana - presto serviço de atendimento clínico a um espaço terapêutico, e atendo pessoas com convênio e particulares também (embora por enquanto todos os meus pacientes vêm de convênio, que paga bem mal nossa categoria). É basicamente o que eu fazia no estágio da faculdade, mas agora sem supervisão. Não é muito difícil, tenho dado conta e gosto do que tenho feito, embora no "mundo real" seja consideravelmente diferente do que acontecia na faculdade. Por enquanto tenho 7 pacientes fixos e toda semana aparece algum novo pra fazer triagem. A maioria são crianças, e embora eu não gostasse de lidar com elas na clínica e ainda ache que não levo jeito pra coisa, tenho gostado até.
Também em Outubro fiz mais uma das minhas visitas tradicionais ao Hachi - todo mundo já sabe que é uma tradição minha e de uma amiga comer todos os crepes temáticos que eles lançam por lá, né? Esse ano, o crepe de Halloween estava uma delícia, com biscoitinho inspirado no Jack Skellington e com sorvete e doce de abóbora (o que é muito digno no halloween, né non?) Se não me engano, nós pagamos R$ 18,00 no crepe, o que foi uma surpresa bem agradável - visto que o de natal tinha subido pra R$ 20,00 e eu e minha amiga ficamos um pouco chocadas, hahaha! Deixo abaixo a foto da boniteza pra vocês verem - e já deixo avisado que em dezembro tem crepe especial de Natal e sim, eu vou tirar foto e fazer todo mundo passar vontade. Me aguardem!


Falando em consumismos (porque eu sou boa nisso, vocês sabem), fazia algum tempo que eu estava sentindo falta de cremes para o corpo e para as mãos. Embora minha pele seja bem oleosa no rosto, ela é um pouco seca no corpo e a pele das minhas mãos é bem sensível - tenho que tomar cuidado com produtos de limpeza, detergente, giz de lousa, pó e mais uma série de coisas, ou ela resseca, faz rachaduras, é um caos. Para a minha felicidade, em Novembro minha mãe viu uma promoção em uma revista da natura e comprou 3 cremes para as mãos por cerca de R$ 36,00. Os cremes são umas delicinhas - e eu fiquei apaixonada pelo sérum de orquídea, que seca rápido, tem cheirinho leve e gostoso e hidrata muito bem. Os outros dois são de algodão e noz pecã com karité (que é uma delícia também), e todos foram muito eficientes (embora os cremes demorem mais pra secar do que o sérum, e ficar com a mão melecada não é bem, assim, agradável). 


Na hora achei que a promoção valia super a pena, mas parece que alguns dias depois mamãe descobriu que eles eram mais baratos separadamente, se comprados pelo site da loja da amiga dela... Bom, faz parte, né?
Deixando de lado esses pequenos revezes, em algum momento desses meses eu fui à oftalmologista. Não lembro se comentei isso aqui no blog, mas meu grau finalmente estabilizou - o que quer dizer que vou passar um bom tempo sendo 2,75 cega (o que quer dizer que eu só enxergo até 40cm sem óculos, há!). Embora o grau não tenha mudado, a médica recomendou que eu trocasse as lentes dos óculos, porque estavam muito arranhadas - e estavam de fato, pois o anti-reflexo descascou e eles pareciam estar sepre sujos, embora na verdade estivessem refletindo pequenos pontos de luz. Não me perguntei como consegui realizar essa proeza, que nem eu sei D:  
Assim, depois de pesquisar, fazer orçamento e juntar dinheiros, hoje eu finalmente fiz um óculos novo! Como já estava com o outro desde 2013, achei digno trocar a armação de uma vez.


Na verdade, como podem ver na foto ao lado, a armação nova não é tão diferente assim da antiga. O motivo é bem simples: eu gosto de armações pretas. Acho óculos coloridos legais, mas não gosto deles na minha cara - e uso armações pretas e basiconas desde 2012, então estou acostumada com como elas ficam no meu rosto, por assim dizer 8D
Juro que, apesar disso, eu até experimentei algumas mais coloridas, mas no fim decidi por essa, por ser discreta e parecer bem resistente (as outras eram ou muito pesadas, ou as perninhas pareciam meio bambas, e eu não quis arriscar).
Além do detalhe em dourado nas 'perninhas', a armação nova é um pouco maior do que a anterior. Eu acho modelos nesse formato a coisa mais linda, sempre gostei, mas uma vez experimentei o de uma amiga e pasmem: eu sou tão bochechuda que, quando falava, o óculos mexia sozinho. Conformada com meu destino de usar armações pequenas, nunca mais testei uma grande. Curiosamente, quando minha mãe trocou os óculos em Maio, eu experimentei a dela (que é do mesmo tamanho, mas mais arredondada que a minha nova) e... deu certo? Enfim: parece que agora elas servem em mim. Vai entender.
Como meu grau não mudou, já me adaptei aos óculos novos. Ao experimentar eu fiz careta, abri a boca, balancei a cabeça, pulei e fiz de tudo pra garantir que estava confortável com eles. Não foi tão caro (inclusive, recomendo as óticas Gassi, ótimos preços e ótima qualidade!), e estou me sentindo felizona com essas belezinhas novas. A melhor parte é que eu consigo enxergar em HD de novo, sem manchas estranhas, HAHAHA!
Fora isso tudo, houveram outras pequenas coisas, mas nada que me chame a atenção agora. Já decorei minha casa para o natal, e eu e mamãe decidimos fazer a ceia em casa este ano. Não sabemos como vai ser, porque moramos num apartamento pequeno, mas estamos contando com a ideia de que ele é como coração de mãe e que vai caber todo mundo -q Também me inscrevi em um concurso público, e já comecei a estudar loucamente porque o salário é bom e eu quero muito passar ;w; Fora isso, não tenho feito muita coisa. A vida vai e vem, e eu vou andando a esmo mesmo.
Sendo assim, me despeço por aqui. Esse era só um post mais descontraído mesmo, sabem como é, né? Enfim. Beijinhos a todos e até a próxima!

Marcadores: , , ,


Written by Shana | 1 de dezembro de 2017 | 4 Comentários | link to this post


«older newer»