posts myself blog links
Hishoku no Sora
I'm gonna fly like a bird through the night

It's Showtime
"Miss Lacus's strengths are always going to be needed by everyone. She's strong, beautiful, and kind. I'm just Meer. Nobody really needs me."
Meer Campbell

The Diva
Kawasumi Shana. 25 anos, somando +1 todo dia 07 de Fevereiro. Aquariana. Adoro música, mangás, animes, filmes e livros. Odeio insetos, injeções e filmes de terror, sou criativa e contraditória, possivelmente tenho um parafuso a menos - mas juro que sou legal. Ou não. more?

Encore





Goodbye Stage

 
Hishoku no Sora
Google Chrome | 1920x1080


Agora, só lembranças
31.12.14 • 7 ComentáriosPermalink


Em poucas palavras, 2014 não foi um ano fácil. Aconteceram muitas coisas difíceis, ruins, trágicas - em suma, uma série de revezes, como se alguém tivesse aberto uma caixa de pandora e deixado cair em cima do mundo, "sem querer". Eu vi tantas pessoas se lamentando desse ano que até me senti um pouco mal por não tê-lo odiado - na verdade, até gostei. E não me entenda mal, aconteceram muitas coisas ruins comigo também.
Pra ser honesta, eu odiei tanto o ano de 2013, que devo ter ansiado por 2014 com braços abertos até demais. Terminei o ano tão frustrada, tão chateada, tão acabada, que 2014 era uma promessa de felicidade não importava o que trouxesse. No fim, as coisas que me frustraram ano passado aconteceram de novo - e até piores! - neste que está acabando, e é realmente uma surpresa que eu não esteja o amaldiçoando.
Ainda assim, me sinto leve. Sinto de verdade, de alguma forma muito estranha, que lá no fundo eu cresci e aprendi alguma coisa importante, embora ainda não tenha descoberto o quê. Não me arrependo de nada - quer dizer, todo mundo sempre se arrepende de uma coisinha aqui, outra ali, mas num geral, eu não faria nada de novo. Eu viveria este ano da mesma forma que o vivi, caso tivesse de fazer tudo de novo, e isso me traz a sensação de "dever cumprido". Como se a minha missão pra 2014 tivesse sido completada, como se eu tivesse zerado o jogo e estivesse pronta pra começar a jogar o próximo.
Reproduzindo um dos mais famosos - e talvez mais sábios - ditados, "não adianta chorar pelo leite derramado". Se foi bom ou ruim, 2014 acaba agora e 2015 vem aí. Mais uma vez, eu quero recebê-lo de braços abertos, quero sentir que completei um ciclo e vou começar outro (o que não é exatamente fácil quando o seu segundo semestre de 2014 continua em 2015, hahaha). Quero fazer planos, quero me esforçar em cumpri-los, quero continuar crescendo, aprendendo e tentando ser melhor. E é claro, continua válida a minha crença de todo ano: vida nova é uma ova. A vida é um projeto longo e duradouro, e a cada ano que passa é mais uma parte que você precisa completar - mais um caítulo rpa escrever, mais um retoque pra finalizar, mais uma etapa pra cumprir. 
A vida segue, e 2014 agora são só lembranças...

Marcadores: ,




«older newer»