Come closer


Saudações, visitante! Neste momento, você se encontra no Hishoku no Sora, um blog pessoal sem fins lucrativos. Aqui se fala de tudo um pouco, então fique à vontade!
A versão atual é inspirada na música "We Don't Talk Anymore", ilustrada por Jimin e Jungkook (BTS).

Home Me Blog Links

Talk to me
Kawasumi Shana, 24 anos e contando +1 todo dia 7 de fevereiro - logo, sou toda aquariana. Adoro música, mangás, animes, filmes e livros. Odeio insetos, injeções e filmes de terror, sou criativa e contraditória, possivelmente tenho um parafuso a menos - mas juro que sou legal. Ou não.more?

Stay in touch


Follow

Unspoken Words

Past Tense

Stay a little longer

 
Hishoku no Sora
Google Chrome | 1366x768


Fica a dica: Penélope

Ano: 2006
Direção: Mark Palansky
Duração: 104min
Penélope conta a história de uma jovem que teve o azar de nascer em uma família amaldiçoada e, por esse motivo, ela tem... um nariz de porco. É, isso aí, de porco mesmo, pig nose. Mas como maldições geralmente tem uma forma de serem quebradas, nossa heroína também tem salvação - e vocês já devem imaginar qual é só de olhar essa capa super amável, né? Claro que é encontrar o amor verdadeiro. O único problema é convencer algum cara, em pleno século XXI, a se apaixonar por uma "aberração" como a Penélope pra que a coisa toda dê certo - mas a mãe meio louca dela é brasileira e não desiste nunca desse plano. Então imagine a vida da nossa protagonista: não bastasse nascer com nariz de porco e viver trancada dentro de casa, Penélope ainda precisa fazer uma seleção de maridos constantemente, pois mamãe tem fé de que o amor verdadeiro vai sair daí.
É um filme muito doce, cujas cores, cenários e roupas são um amorzinho à parte. O elenco também é sucesso (ok, eu estou virando fangirl do James McAvoy, então esse comentário pode ser meio tendencioso), a trilha sonora é gostosinha e, enfim, o filme cumpre muito bem o seu papel de comédia romântica, escapando um pouco dos clichês - embora, logicamente, não de todos eles. Eu o recomendaria para todas as idades, porque é um filme leve, na minha opinião, sem nenhuma cena caliente pra te deixar vermelho na frente da vovó, se é que me entende. 8D Impossível não se identificar com a Penélope e sua fofura e atitude, ou se compadecer pela situação do nosso querido Max - ou rir horrores com Jessica, a mãe de penélope, e suas neuras absurdas. Uma boa pedida pro fim de semana! Ou qualquer que seja o dia da semana que você queira assistir, serve também.

Marcadores: , ,


By Shana • segunda-feira, 12 de janeiro de 2015 • 7 ComentáriosLink to this post


«older newer»