let's be cool
Saudações, visitante! Neste momento, você se encontra no Hishoku no Sora, um blog pessoal sem fins lucrativos. Aqui se fala de tudo um pouco, então fique à vontade!
A versão atual é inspirada na música "Afraid to be Cool", ilustrada por Jimin e Jungkook (BTS, War of Wormone).

the coolest
Kawasumi Shana, 24 anos e contando +1 todo dia 7 de fevereiro - logo, sou toda aquariana. Adoro música, mangás, animes, filmes e livros. Odeio insetos, injeções e filmes de terror, sou criativa e contraditória, possivelmente tenho um parafuso a menos - mas juro que sou legal. Ou não. more?

come with me!


Follow

scream out!

what did you say?

bye baby bye!

 
Hishoku no Sora
Google Chrome | 1366x768


Halloween: símbolos e tradições

Saudações e maldições a todos os leitores! Venho desejar-lhes um horripilante e tenebroso Halloween! E claro, mantendo a nossa tradição dos últimos anos, o post de hoje é dedicado a celebrar e entender um pouco melhor essa data~
Aqui no Brasil, o Halloween é comumente celebrado nas escolas de idioma, majoritariamente nas de inglês. Quem aí nunca foi numa festinha de Dia das Bruxas no curso, ou foi convidado por algum amigo que estudava numa dessas escolas especializadas, hm? Apesar disso, o Halloween tem origem Irlandesa, nascido da tradição Celta - e tem toda uma simbologia, coisa que eu já mencionei aqui.
Indo mais além da simbologia da data, 31 de Outubro, temos também vários itens, animais e cores que são invariavelmente associados ao Dia das Bruxas - nome que a festividade recebeu da Igreja Católica, ao ser considerada uma "festa pagã" -, como os caldeirões, as abóboras e os gatos pretos. Segundo o E-Dublin, na cultura irlandesa todos estes itens tem um motivo para associarem-se ao Halloween, e é justamente isso que vamos conferir agora!

♦ Velas: as luzes de velas servem para indicar o caminho aos espíritos - lembrando que a Noite de Halloween é a véspera do Dia de Todos os Santos, na qual os espíritos estariam vagando pela terra. Acho que ela pode ser associada também ao Jack O'Lantern, o bêbado que tentou enganar o diabo e, ao morrer, não foi aceito nem no céu, nem no inferno. Condenado a vagar pela Terra eternamente, Jack recebeu do diabo uma brasa de carvão pra iluminar o caminho - a qual ele colocou em um nabo esculpido, pra usar de lanterna. As abóboras com velas e caras horripilantes seriam para espantar Jack e os demais espíritos que vagam pela noite - e você aí achando que era só uma decoração pra deixar o ambiente mais bacana, né?

♦ Aranhas e Morcegos: as teias de aranha simbolizam os fios do destino na cultura celta, e o meio da teira representaria o "suporte para seguir em frente". Já os morcegos representam a clarividência, pois o animal é capaz de captar campos magnéticos por meio da própria sensibilidade e energia, sendo assim capaz de enxergar além das aparências. Numa noite onde os espíritos vagam entre os vivos, parece uma habilidade bem interessante, não?

♦ Cores: as tonalidades mais populares do Halloween não são obra do acaso também. O laranja simboliza a vitalidade, energia, e os celtas acreditavam que os espíritos aproximavam-se de quem vestia essa cor para "sugar-lhes a energia". Já o roxo simboliza a magia, enquanto o preto era a cor utilizada por magos, bruxas e sacerdotes. 

♦ Gato Preto: infelizmente o bichano não tinha boa fama por conta das lendas associadas a ele. Algns acreditavam que as Bruxas se transformavam em gatos pretos, enquanto para outros os felinos eram os espíritos dos mortos. Talvez por isso até hoje algumas pessoas tenham uma imagem negativa do coitadinho D: 

♦ Trick or Treat: eu já contei pra vocês sobre a tradição dos "bolos de alma" que originou essa brincadeira, mas parece que na Irlanda temos outra versão dela! Durante as festividades de Halloween, crianças visitava as casas, com vestimentas exuberantes, pedindo provisões em nome da deusa Muck Olla. Aparentemente, na cultura celta acreditava-se que a única maneira de apaziguar os espíritos era oferecendo comida a ela e, quem não colaborasse, sofreria com as travessuras da deusa. Talvez a versão dos "bolos de alma" seja, então, originada já da tradição católica - afinal, eles praticamente incorporaram a festividade dentro do Dia de Todos os Santos/Dia de Finados, não é mesmo?

Confesso que eu fiquei surpresa ao descobrir algumas dessas coisas, e principalmente em saber que mais do que uma série de lendas e brincadeiras, cada elemento do Halloween parece ter uma religiosidade especial, própria da cultura de da qual originou-se o Dia das Bruxas. Sempre que estudo o Halloween, acabo me deparando com uma série de crenças mitológicas, e acho que isso só aumenta mais e mais meu interesse nessa festividade. Só acho uma pena que essas tradições vão se perdendo com o tempo - ainda bem que temos a história pra nos lembrar disso tudo! E vocês, leitores? Sabiam de alguma dessas simbologias? :3 
Esse é o nosso post especial de Halloween! Espero que os espíritos assombrem vocês nesta noite, e que vocês durmam ao som das risadas das bruxas que vagam por aí! Tenham um tenebroso e horripilante Dia das Bruxas! \o/ 

Marcadores: , ,


By Shana • sábado, 31 de outubro de 2015 • 9 ComentáriosLink to this post


«older newer»