posts profile blog links

The Beginning

"People should learn that you cannot dwell in your past. One who dwells in the past hurts not only himself, but also the people around them."


Black Rabbit

Kawasumi Shana. 25 anos, somando +1 todo dia 07 de Fevereiro. Aquariana. Adoro música, mangás, animes, filmes e livros. Odeio insetos, injeções e filmes de terror, sou criativa e contraditória, possivelmente tenho um parafuso a menos - mas juro que sou legal. Ou não. more?

Follow me


Follow



Farewell

 
Hishoku no Sora
Google Chrome | 1920x1080


Resenha | Love Calendar

Love Calendar é um mangá inspirado no álbum homônimo de DECO*27. O mangá conta com 12 capítulos, cada um representando uma das músicas do álbum, e conta a história de Shiori e Kouki, dois estudantes do ensino médio que se apaixonam em Abril, em meio às flores de cerejeira que enfeitam a paisagem e o ar de Tóquio. A história vai seguindo mês a mês, enquanto os dois descobrem as maravilhas e as tristezas de um relacionamento amoroso.
Pra ser bem objetiva, Love Calendar é um shoujo escolar, e a história em princípio não sai muito disso - é, literalmente, o romance entre Shiori e Kouki do início ao fim. Contudo, são as particularidades das personagens que faz a história ser tão amável e tocante, e os conflitos que surgem das inseguranças dos dois tornam as coisas mais simples numa verdadeira tempestade.
Infelizmente, é difícil falar muito desse mangá sem soltar spoilers, então temo que essa será uma resenha bem breve. A arte do mangá é lindíssima, e é difícil não se apaixonar pelos protagonistas. Como a série conta a história por detrás das 12 faixas do álbum, cada capítulo tem entre as narrações alguns trechos das músicas - o que dá um novo sentido a elas. A música Egomama, por exemplo, foi adaptada de uma maneira muito interessante, e finalmente eu entendi todo o sentido por detrás do MV dela. xD Acho que o próprio álbum passa a fazer mais sentido como um todo quando entendemos a relação entre uma canção e outra. Bom, em suma, este é um mangá que de fato tem uma trilha sonora pra ser lido.


A cargo de curiosidade, duas das canções são interpretadas pela Marina (Egomama & Care-Taking Guardian), que é a pessoa por trás da voz da Iwasawa de Angel Beats - a vocalista 'original' do Girls Dead Monster. Se servir pra atiçar a curiosidade de vocês...
Voltando ao mangá, Love Calendar é bem curto, mas tem um ritmo muito gostoso de ler - talvez um pouco rápido, já que como o título sugere, de um capítulo pra outro costuma passar um mês. Mas nada que incomode, não é algo que vai te deixar perdido na leitura, por exemplo. A história traz também muitos simbolismos, como "Sakura","Dia 27", "Akai Ito" (o fio vermelho do destino), que são coisas que só fazem sentido no contexto do casal - me faz pensar em como determinados detalhes e pequenas coisas têm um significado diferente que só dividimos com uma outra pessoa - certos gestos, objetos, cores, cheiros, palavras que ganham um sentido totalmente novo quando divididos com o outro. É muito poético, e o próprio mangá trabalha isso com uma poesia lindíssima. 
Pra encerrar, o mangá é de 2012, com roteiro de DECO*27 (duh) e arte é da Minase Mayu. No My Anime List ele é classificado como Seinen, embora eu ache a temática bem shoujo - talvez um romance mais maduro, sem muito açúcar, mas com a temática ainda bem adolescente, não sei dizer... De qualquer maneira, recomendo muito essa obra, é simplesmente maravilhosa! E vocês sabem, se eu tô dizendo que é maravilhosa... bom, só me ouçam, eu sei do que estou falando. uwu

Marcadores: , , ,


Written by Shana | 31 de julho de 2016 | 7 Comentários | link to this post


«older newer»