posts profile blog links

The Beginning

"People should learn that you cannot dwell in your past. One who dwells in the past hurts not only himself, but also the people around them."


Black Rabbit

Kawasumi Shana. 25 anos, somando +1 todo dia 07 de Fevereiro. Aquariana. Adoro música, mangás, animes, filmes e livros. Odeio insetos, injeções e filmes de terror, sou criativa e contraditória, possivelmente tenho um parafuso a menos - mas juro que sou legal. Ou não. more?

Follow me


Follow



Farewell

 
Hishoku no Sora
Google Chrome | 1920x1080


Vagando por SP #3
"Vagando por SP" nunca foi uma série, mas talvez devesse ser, porque é algo que faço frequentemente - quer dizer, o que mais faço aqui é exibir meus gastos e a comida que descubro pela cidade, né non? Obviamente, desta vez não foi diferente: passei quase um mês em São Paulo, e como já tinha me planejado, guardei dinheiro pra poder sair com os migos. Dessa vez, visitei uns lugares bem bacanas, e já que agora estou munida de um celular potente, vai rolar post fotográfico sim porque é de ostentar que a gente gosta ºwº
Já peço perdão antecipadamente por todos aqueles que passarem vontade nesse post  - a intenção nunca é essa, vocês sabem. Afinal, a graça é que vocês visitem os lugares também (ou me chamem pra sair, sempre uma boa ideia, digníssima aliás). Bom, isso esclarecido, sigam-me os bons que o post hoje tá sucesso~
BBOPQ - Fast Food Coreano
No meio das férias, minha amiga me mandou uma página no facebook que nos deixou com água na boca - a page do BBOPQ. O lugar é um restaurante de comida coreana, que funciona mais ou menos como o Subway: você escolhe entre as opções Bowl ou Box e escolhe uma série de acompanhamentos pra montar seu prato. Como a gente não passa vontade, fomos experimentar!
O lugar é maravilhoso - aconchegante, limpinho, com ótimo atendimento e é uma delícia estar por lá. A comida, então, nem se fala! É deliciosa, a carne é macia e bem temperada, o arroz é gostosinho, tudo feito bem rapidinho e da maneira que você quer. O preço também é justo - pelo Bowl, que vem arroz, carne ou frango e até 5 acompanhamentos, você paga R$ 19,00! Com o refrigerante, fazendo o combo, ficam R$ 22,00 - que é mais ou menos o que se paga em qualquer fast food, a diferença é que no BBOPQ você come saudável e deliciosamente~


Eu fiquei com o Bowl - acrescentei um ovo, por R$ 1,00, como podem ver na foto -, minha amiga pegou o Box e nós dividimos uma porção de mandoo - pasteizinhos fritos que lembram vagamente um gyoza. A porção é R$ 6,50 e vem com 6 pasteizinhos, deliciosos, bem fritinhos e saborosos!
Pra concluir, a gente adorou o lugar e já combinamos de voltar mais vezes. O atendimento é ótimo mesmo, a gerente/dona é um amor, nos recebeu muito bem e nos ensinou como funcionava pra fazer o pedido. Os funcionários tiraram nossas dúvidas e nos receberam muito bem também. Recomento muitissimo! Se quiserem saber mais e ver os preços, vocês podem visitar a página deles no facebook. :3
Parque da Luz e Pinacoteca
Depois de comer, concluímos que deveríamos continuar com nosso rolê e começamos a vagar pelas ruas. Passeamos pelo Bom Retiro, vimos roupas e eu acabei comprando uma blusinha de frio, de gola, por 20 contos - praticamente um milagre por achar algo do meu tamanho num Outlet. Enquanto caminhávamos, passamos pelo Parque a Luz, que fica em frente à estação de metrô, e decidimos entrar pra conhecer - eu porque nunca tinha ido, minha amiga porque nunca passeou por ele de verdade.
Como a maioria dos parques, a entrada é franca - os portões ficam abertos e você entra e sai à vontade. O lugar fica ao lado da Pinacoteca, e por isso há algumas obras de arte espalhadas por ele. Não nos arrependemos nem um pouco: o parque é simplesmente lindo, um presente aos olhos, bem cuidado e agradável~ Como fomos num dia de semana, não sei se ele costuma ser muito lotado, mas estava bem tranquilo e gostosinho por lá.


Haviam vários coretos pelo parque, e em algum momento encontramos um senhorzinho que tocava saxofone, que nos remeteu a um clima muito Anos 40: olhávamos para as estruturas, as pessoas sentadas e aproveitando o dia, e conseguíamos visualizar o lugar como deveria ter sido há anos atrás, quando as pessoas caminhavam, andavam a cavalo e bonde, se vestiam de maneira diferente, sentavam nas ruas pra conversar. Foi um passeio simples, mas tão gostoso que repetiríamos com toda a certeza!
Além das estruturas e estátuas, o parque tem vários laguinhos e fontes com peixes, e um deles (o da foto abaixo) tem um aquário escondido! Próximo ao lago tem uma escada, e por baixo dele há uma gruta com vidros, na qual podemos entrar e ver os peixes mais de perto. Imagino que eles estejam acostumados, por quando nos aproximávamos dos vidros eles vinham nos cumprimentar xD O lugar ainda tem mais uma "gruta" (foto ao lado), que era originalmente um reservatório de água, e é simplesmente incrível. Foi um passeio e tanto, e pensando que é totalmente gratuito, acho bem recomendável ♥


Depois de rodar pelo parque, resolvemos visitar a Pinacoteca - por que não? É baratinho e estávamos do lado mesmo. A entrada é R$ 6,00 - estudante com carteirinha paga meia, e vale lembrar que às terças-feiras, em São Paulo, a entrada de quase todas as instituições culturais é franca.
A Pinacoteca é um espetáculo - do prédio ao conteúdo. Vimos várias exposições, algumas meio malucas, outras clássicas, e nos divertimos explorando o local por conta. Além das exposições comuns, descobrimos uma mostra voltada a pessoas com deficiência visual, super tema de um trabalho que apresentaremos na faculdade, e além de acharmos a iniciativa bem bacana (embora com alguns problemas com relação à acessibilidade), ainda reunimos material pra disciplina, hahaha! Foi muito gostoso e voltamos pra casa exaustas, mas valeu muito a pena - e o melhor é que não gastamos mais de 50 reais nesse rolê todo, incluindo comida, compras e andanças culturais!

Liberdade, Daiso e Sé
No dia seguinte - porque aqui a gente não pára -, fui com outra amiga na Liberdade. A gente não se via desde que ela se formou aqui na faculdade, e já que ela queria conhecer a Ikezaki, resolvemos unir o útil ao agradável. Pra quem não sabe, essa é uma loja de "cosméticos" e outras coisas relacionadas a beleza e estética que tem ali na Liba, que vende muita coisa em grande quantidade e por preços bem bacanas - recomendadíssima pra quem trabalha com isso ou só não quer vender os rins gastar demais em algum produto.
Como ela nunca tinha passeado por lá, almoçamos no Sogo e começamos a andar pelo bairro. Como ela me disse que queria comprar adesivos fofos, entramos em algumas galerias pra procurar entre as lojinhas. Nessa andança, quem acabou gastando fui eu - avistei ao longe um chaveiro do Jimin e, embora simples, não tive dúvidas: foram R$ 5,00 bem gastos sim, porque esse home é maravilhoso e agora eu vejo a cara dele todo dia de manhã. Ainda ganhei um poster pela compra, mas como não tinha de nenhum idol que eu gostasse, acabei pegando um qualquer e dando pra namorada do meu irmão -q


Como eu queria aproveitar pra comprar alguns presentes, nós andamos pelas lojas e mercadinhos. Aproveitei o calor pra experimentar mais uma bebida oriental - como já conheço sucos e refrigerantes, comecei a me aventurar pelas ~bebidas lácteas~ dessa vez. Já tomei um Cappuccino (embora não tenha registrado, falha nossa), então resolvi experimentar uma bebida de baunilha.


Paguei, se não me engano, R$ 5,30 nesse Vanilla Latte. A bebida é bem gostosinha e refrescante - é doce e gelada, mas nada excessivo. O único problema, pra mim, é que é um pouco aguado - não chega a ser ruim, mas eu sou apaixonada por leite e derivados e acho que leite "de mentirinha" é meio sem-graça. Não sei se o leite na Ásia é diferente do nosso, ou se a bebida é feita com leite em pó e aditivos, mas parece algo saído daquelas máquinas de café. Aliás, embora gostoso, o Cappuccino também tinha o mesmo problema, então acho que todas elas devem ser mais ou menos assim. É gostoso, mas deve ser menos frustrante se você não estiver esperando leite de verdade -q
Depois da andança, não encontramos tudo o que queríamos e eu comentei com minha amiga sobre a Daiso. Ela ficou animadíssima, e como eu precisava de alguns artigos pra casa e post-its novos, resolvemos nos aventurar e fomos andando da Liberdade até a Sé - o que deve dar uma caminhada de 15 ou 20 minutos, já que um bairro é do ladinho do outro. Vimos a catedral e andamos um pouco pelo bairro. Depois que cansamos, voltamos à Liberdade - de novo, a pé - pra tomar um sorvete e voltarmos pra casa. Papeamos muito durante o dia, vimos lojas de roupas, nos divertimos bastante e prometemos nos ver mais vezes - afinal, eu me formo e março e posso voltar pra minha cidade natal ♥

Depois de toda essa andança, passei o fim de semana em casa. Primeiro porque estava cansada mesmo, e segundo porque viajava no domingo a tarde e precisava lavar minhas roupas e organizar a mala. A viagem em si foi ok, embora o único ponto alto tenha sido descobrir que a bateria do celular novo dura muito bem ouvindo música. Fiquei animadíssima com isso, porque viajar no silêncio (ou no burburinho do ônibus) é uma tortura pra mim, e como a viagem de SP a Ax dura cerca de 7 horas, eu tô é glorificando de pé pela graça alcançada~
Essa foi minha primeira semana na faculdade sem os atendimentos, e foi muito tranquilo. Consegui adiantar minha pesquisa maravilhosamente bem (e recuperei o tempo perdido, louvemos!), e ainda dei uma adiantada nos trabalhos e avaliações que preciso entregar em fevereiro. Única reclamação: tá um calor do inferno nessa cidade. Nem com as chuvas à noite tem aliviado - embora hoje esteja levemente mais fresco. Oremos pra que continue assim.
Enfim - ficamos por aqui! Espero que ninguém tenha passado vontade de nada e sim, estou me eximindo totalmente de culpa, nem tentem jogá-la pra mim. Beijos pra todos e até a próxima! o/

Marcadores: , , ,


Written by Shana | 11 de janeiro de 2017 | 7 Comentários | link to this post


«older newer»