posts myself blog links
Hishoku no Sora
I'm gonna fly like a bird through the night

It's Showtime
"Miss Lacus's strengths are always going to be needed by everyone. She's strong, beautiful, and kind. I'm just Meer. Nobody really needs me."
Meer Campbell

The Diva
Kawasumi Shana. 25 anos, somando +1 todo dia 07 de Fevereiro. Aquariana. Adoro música, mangás, animes, filmes e livros. Odeio insetos, injeções e filmes de terror, sou criativa e contraditória, possivelmente tenho um parafuso a menos - mas juro que sou legal. Ou não. more?

Encore





Goodbye Stage

 
Hishoku no Sora
Google Chrome | 1920x1080


Dicas | Como avaliar um blog?
17.11.17 • 2 ComentáriosPermalink


Saudações, jovens leitores! Espero que tenham passado bem a semana.
O post de hoje é um pouco diferente - em algum momento do último ano, eu decidi que qualquer tipo de ~sabedoria~ que eu tenha adquirido nos meus muitos anos de blogosfera pode ser compartilhada por aqui. Afinal, se tem algo que eu consegui reunir nesses 13 anos foi experiência, né (e haja experiência, todo tipo de experiencia louca inclusive). Assim, hoje eu resolvi falar um pouquinho sobre como eu costumo avaliar um blog - afinal, cês sabem bem que eu já tive altos projetos avaliativos aqui por essas bandas, né non?
Primeiramente, vamos deixar uma coisa bem clara nesse post:
Nada do que está escrito aqui é uma verdade absoluta. Todos os critérios aqui são meus, totalmente pessoais e outras pessoas podem fazer avaliações de maneira diferente. Entendam esse texto apenas como uma ilustração ou sugestão de avaliação!
Isso dito, continuemos~

Por que avaliar um blog?
Nos primórdios da blogosfera, foram criados os concursos. Funcionavam bem na vibe de "miss": a gente se inscrevia, o idealizador do concurso avaliava nossos blogs e ia eliminando blogs em etapas (que chamamos de Top). Ao final, era comum receber um layout personalizado - porque na época quase ninguém tinha programas de design pra fazer os próprios layouts, com o nome do blog na imagem de topo e tudo. Naquela época ninguém sabia exatamente quais eram os critérios avaliativos, e os avaliadores aproveitam pra divulgar os próprios blogs dando pontos extras - do tipo: ganha ponto extra se comentar no blog do avaliador, se linkar o blog do avaliador, se divulgar o contest no próprio blog, entre outras coisas... Nada era tratado com muita seriedade - a gente participava porque era divertido e todo mundo queria ganhar prêmios e plaquinhas piscantes.
Em algum momento, os concursos passaram a ser chamados de "contest" - acredito que só porque a gente achava que inglês era mais chique mesmo. O funcionamento continuou o mesmo.
Eventualmente, alguém achou que seria divertido ter um "oscar" para blogs, e foram criados os Awards. Diferentemente dos concursos, vários blogs eram premiados em categorias diferentes - a princípio, não havia garantia nenhuma de receber prêmios ao se inscrever. Recentemente, alguns awards (como os extintos Winter Wolf e Magical) criaram a políticas para premiar mais participantes, de forma que todos recebem ao menos um award (plaquinha que simboliza a estatueta do Oscar) ou que vários blogs possam receber prêmios na mesma categoria (além da divisão Diamante, Platina, Ouro, Prata, Bronze, etc). Originalmente, os awards tinham ouro, prata e bronze pra todas as categorias - aí nós, blogueiros avaliadores, ficamos com preguiça e passamos a fazer premiação única pras categorias. Na realidade, tanto faz - isso depende de quantas plaquinhas você quer fazer.
Assim, nos primórdios da blogosfera, avaliar um blog era apenas uma diversão e uma maneira de entregar/conseguir plaquinhas e designs bonitos. Vale comentar que com a popularização dos programas de edição de imagem, os concursos perderam espaço para os awards - porque layouts feitos por terceiros valiam menos na pontuação e a maioria já não precisava mais de auxílio pra produzir os próprios designs.
E hoje? Atualmente, eu vejo as avaliações como um diagnóstico. Por mais que os blogs sejam um hobbie, é legal ter nosso trabalho reconhecido (por meio de prêmios e destaques), mas também é bom saber onde estamos indo bem e onde ainda precisamos melhorar. Dessa forma, acredito no poder o projetos avaliativos enquanto uma maneira de ajudar blogueiros a melhorarem seus blogs.

Isso tudo explicado, vamos ao foco desse post: como avaliar um blog?

1 - Não compare os blogs dos outros com o seu.
Ao avaliar o blog de outra pessoa, você nunca pode tomar o seu próprio como parâmetro. Por exemplo: eu tenho um estilo específico de CCS, de design, e pessoas que me conhecem há algum tempo provavelmente reconhecem um layout meu de bater o olho. Eu gosto, por exemplo, de deixar a barrinha de rolagem sempre decorada com o tema do layout. Também gosto de editar minhas imagens pra que todas tenham a mesma largura. Agora, isso não é uma regra. Algumas pessoas podem não enfeitar a barrinha de rolagem e ainda assim fazer layouts maravilhosos; algumas pessoas editam imagens em tamanhos variados e ainda assim têm posts estéticos e organizados. 
Como fazer, então? Estabeleça um critério do que você acha que seja um blog ideal, ainda que seu próprio blog possa estar abaixo ou acima dele. Avalie os blogs alheios por esse critério, e não com base do que você gosta de fazer no seu próprio blog. É importante reconhecer também o que é um layout bonito e bem-feito ainda que você nunca usasse algo parecido no seu blog, ou reconhecer a qualidade de um conteúdo ainda que você nunca fosse postar algo parecido. Também é importante diferenciar blogs pessoais de blogs temáticos - até porque é injusto comparar o conteúdo de um blog pessoal com o de um blog sobre animes, sobre música, sobre games, sobre história, entre outros. 

2 - Não avalie o estilo das pessoas
Uma frase: old school x nova blogosfera. Todo mundo sabe que existe aí uma certa desavença quanto aos estilos dos blogueiros dos anos 2000 com o dos blogueiros dos anos 2010 pra frente. Esse tipo de diferença, contudo, não deve ser levada em conta.
Um exemplo: os blogs atuais não se preocupam muito em fazer banners, ou editar todas as imagens do layout. Contudo, eles costumam ter muito trabalho no CCS, principalmente com efeitos em hover. A estética dos blogs é diferente, o estilo de postagem é diferente, e isso não deve ser usado como um critério avaliativo - um layout clean não é necessariamente melhor ou pior que um layout mais preenchido, por exemplo.
Algumas coisas, no entanto, não mudam. Obviamente, se uma pessoa edita todas as imagens do próprio layout, ela certamente tem um trabalho a mais do que alguém que só pega um código base em um blog provedor* e edita as cores pra ficar mais ou menos personalizado. Isso pode ser contado como critério, por exemplo.
*Blog provedor: o que eu considero uma atualização dos antigos template shops - é um blog focado em oferecer goodies e tutoriais para blogueiros usarem em seus próprios blogs. 

3 - Avalie da perspectiva de um blogueiro
Num geral, quem faz projetos pra blogs também tem um blog. Então, você sabe o quanto de esforço e dedicação é colocado em um layout, num CCS bem-feito, num texto bem escrito e num blog atualizado. Assim, você sabe reconhecer quando um blog é bem cuidado e quando não é; sabe reconhecer quando alguém fez o melhor que pode dentro dos próprios limites e quando alguém podia fazer melhor se tentasse. Ademais, tenha sempre em mente que por mais que você adore o blog do fulaninho, esse blog não necessariamente merece 10 em alguma categoria, e por mais que você ache o blog o siclaninho meio chato, ele pode merecer uma nota alta pelo esforço e dedicação em determinadas categorias.

4 - Avalie da perspectiva de um leitor
Exemplo prático pra ficar mais fácil: a categoria mais polêmica (e mais 'eliminadora') do Emotion Contest é frequência, na qual eu avalio de quanto em quanto tempo um blog é atualizado. Num geral, uma frequência ideal é semanal ou quinzenal. Por quê?
Porque o leitor quer ler alguma coisa.
Nós vivemos em tempos de informação, e a melhor maneira de manter um leitor no seu blog é mantê-lo atualizado. Ninguém lembra de entrar num blog que só traz conteúdo novo a cada dois meses. Ninguém lembra de ficar checando o tempo todo pra saber quando o blog estará atualizado de novo. 
Assim, percebam: às vezes eu mesma enrolo pra atualizar o Hishoku - já fiquei mais de 15 dias sem atualizar tranquilo. Contudo, eu tenho noção de que blog desatualizado perde leitores, porque eu mesma abandono blogs que nunca são atualizados. Dessa forma, é preciso sempre ter em mente que, por mais pessoal que um blog seja, num contexto avaliativo você precisa se preocupar com o seu leitor.
Até porque, se leitor não valesse nada, ninguém deixaria o blog público, né non?
Tendo isso em mente, em alguns momentos você precisa deixar seu lado blogueiro um pouco de lado e pensar com a cabeça de um leitor. Você gostaria de ler um blog que só é atualizado a cada 3 meses? Você se sente a vontade num blog com cores vibrantes demais? Você gosta de um blog que demora demais pra carregar?
Coisas com as quais todo blogueiro deve se preocupar ao menos um pouco, jovens padawans. Recebam minha sabedoria milenar de quem está nessa blogosfera antes mesmo de surgir a internet.

5 - Não divulgue notas
Esse aqui é conselho, dica de amigo, o que preferirem: se você der notas e pontuações na sua avaliação, não divulgue todas as notas.
Não importa quantas vezes a gente diga que as avaliações são pautadas em critérios pessoais: as pessoas reclamam. Reclamam porque não concordam com o seu ponto de vista - o que é válido e tranquilo, desde que elas não se submetam a serem avaliadas pelo seu ponto de vista. Assim, é interessante evitar que suas notas e pontuações sejam divulgadas a todos os participantes, pra evitar brigas e constrangimentos. Se você quiser fazer um avaliation* ou ter uma avaliação 100% transparente, avise desde o início que as notas serão divulgadas e que tudo é pautado na sua opinião pessoal.
Continuo não indicando, no entanto.
*Avaliation: uma espécie de projeto que faz um diagnóstico dos blogs participantes. O Avaliation não tem tops ou premiação, apenas avalia e dá nota nos blogs inscritos com base em alguns critérios. Terminada a avaliação, as notas são somadas e podem ou não ser divididas pra fazer uma média. Como indica o nome: é uma avaliação diagnóstica dos blogs participantes. É comum serem entregues plaquinhas com a nota do blog avaliado - nesses projetos, as notas precisam ser divulgadas de qualquer maneira.

6 - Estabeleça critérios avaliativos e os divulgue
Embora divulgar as notas nem sempre seja uma boa ideia, uma avaliação séria precisa de algum transparência. Pra manter isso, basta decidir o que você quer avaliar dentro de um blog e divulgar isso aos participantes - assim, as pessoas sabem o que esperar, pra quê se preparar e não se sentem injustiçadas, porque você não escolheu o blog da fulaninha só porque ela é sua amiga. Claro que, também, você saber o que você quer avaliar antecipadamente te ajuda a olhar pros blogs das pessoas - organização é sempre um bom caminho.
Alguns critérios que podem ser avaliados são layouts (em geral), HTML e CCS, cores, imagens (usadas no layout, no blog em geral e nas postagens), atualizações, conteúdo das postagens e do blog em geral, organização, escrita, design, entre muitas outras coisas.

Por fim, eu não sei se esse post foi realmente útil pra alguém. Confesso que fico chateada em ver que o Emotion é praticamente o único contest da blogosfera atualmente, e que pouca gente se propõe a fazer projetos avaliativos. É uma atividade bacana (ganhar plaquinhas é bem bacana), mas também importante pra que a gente saia um pouco da fantasia de que "meu blog é lindo e está do jeito que eu gosto e eu não preciso mudar absolutamente nada nele". Claro, obviamente, o blog é um espaço pessoal no qual a sua vontade e sua diversão devem estar sempre em primeiro lugar, mas ninguém melhora sem um pouco de desafio, né não?
Assim, encerro aqui esse post. Espero que tenha servido de algo pra vocês ♥ Beijinhos e até a próxima! o/

Marcadores: , ,




«older newer»